Home Notícias Volkswagen anuncia início do mercado secundário na Digital Garage

Volkswagen anuncia início do mercado secundário na Digital Garage

0

Usuários poderão comercializar os cards em NFT diretamente na plataforma

A Digital Garage (www.digitalgaragevw.com), uma plataforma para fãs da marca colecionarem itens com NFTs criados pela Volkswagen, chega à terceira fase. A partir de hoje (14), os usuários da Digital Garage poderão comercializar os cards diretamente na plataforma, de maneira segura e intuitiva.

“Com o início do marketplace dentro da Digital Garage, esperamos incentivar e dar a oportunidade de os usuários explorarem o universo das criptomoedas e entender melhor toda a evolução que o conceito da Web3 traz. Tudo da forma mais intuitiva e segura possível”, afirma Fabio Rabelo, Head de Digitalização Região América do Sul & Business Transformation Office.

O mercado secundário da Digital Garage VW funciona como um marketplace de compra e venda dos itens já vendidos na plataforma. Quem tem um card repetido ou simplesmente quiser vender seus itens, poderá anunciar colocando o preço que quiser.

Da mesma forma, quem quiser comprar um card específico ou tentar completar uma determinada coleção, poderá consultar os itens anunciados. Basta ir na aba “mercado” e pesquisar os cards disponíveis. É possível refinar a busca utilizando filtros como coleção, nível de raridade e tipo de arte, por exemplo.

Duas notícias: um boa e outra melhor ainda

A notícia boa é que todas as transações entre os usuários dentro da Digital Garage serão, obrigatoriamente, realizadas em criptomoedas. Toda experiência de compra será em USDC – stablecoin escolhida para realizar as transações na plataforma.

A notícia melhor ainda: a Volkswagen tentou deixar o processo de criação de carteiras digitais bem didático.

Foi criado um guia na plataforma dedicado exclusivamente à criação de uma carteira em criptomoedas. Ali, há um passo a passo bem detalhado para os iniciantes na Web3.

Vale lembrar que a Volkswagen optou por utilizar uma solução de NFT com baixa emissão de carbono, que é neutralizado por meio da compra de créditos de carbono.

Glossário

NFT é a sigla para Non-Fungible Token, ou token não fungível. Trata-se da combinação de um item qualquer (imagem, vídeo, música, ou mesmo ou objeto) com um “smart contract” registrado em blockchain, o que garante sua autenticidade e torna esse item único e, por isso, não-fungível.

O registro em blockchain é um histórico sobre aquele arquivo digital, ou seja, uma base de dados com a tecnologia de registro compartilhado e imutável. Nele constam informações como quem criou, registrou, comprou e já teve (ou tem) um determinado NFT ao longo do tempo. Essas características permitem a criação de itens digitais únicos: mesmo que uma imagem possa ser reproduzida indefinidamente, quem possui o NFT é seu proprietário de fato.

As stablecoins são um tipo especial de moeda digital. Como o próprio nome diz, são mais estáveis, e são consideradas a ponte entre o universo cripto e o sistema financeiro tradicional. A razão dessa estabilidade vem do fato de as stablecoins serem lastreadas em ativos reais, concretos, como o ouro, petróleo ou as moedas fiduciárias nacionais (euro, dólar, libra, etc). Resumindo: possibilitam que qualquer pessoa que tenha criptomoedas em sua posse possa trocá-las rapidamente por ativos também digitais cujas cotações praticamente não sofrem variação.

A Web3 é a evolução da internet atual. Seu conceito é baseado na tecnologia blockchain, que incorpora conceitos como descentralização e economia baseada em tokens. Essa nova rede permitirá, por exemplo, que as pessoas interajam de forma muito mais profunda com outros usuários a partir de qualquer plataforma, de forma mais rápida e segura.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Deixe um comentário

Veja também

Publicidade