A mudança no sistema viário que engloba a duplicação da Ponte Wall Ferraz e os acessos laterais terá uma de suas etapas mais importantes concluída até o final deste ano. Nesse período, serão realizados os ajustes em parte da pista da Av. Higino Cunha para permitir o perfeito fluxo de veículos vindos da zona Leste pela ponte.
“Já implantamos a iluminação, concluímos o acesso do lado Leste pela Avenida Cajuína, e agora falta apenas a conclusão de parte do canteiro central e os ajustes na lateral”, disse o superintendente da SDU Sul, Cleto Baratta.
Segundo ele, até o final do mês de janeiro do próximo ano outras duas importantes etapas serão concluídas. Com previsão para conclusão ainda em 2106, o prolongamento da Avenida Cajuína fará a ligação das zonas Leste e Sudeste através da Ponte Anselmo Dias, obra já inaugurada pela Prefeitura de Teresina. No momento está sendo concluída a estrutura metálica do viaduto ferroviário e o próximo passo será o lançamento do viaduto para a abertura de passagem da avenida.
Outra importante etapa é a ligação da Avenida Marechal Castelo Branco com a alça que dá acesso à Ponte Wall Ferraz. “A alça, que é justamente a parte que permite acessar a ponte, já está pronta. Falta apenas concluirmos um pequeno trecho de ligação da alça com a Avenida Marechal Castelo Branco. Acreditamos que até o final do mês de janeiro teremos finalizado”, avaliou.
Tudo estará concluído, no entanto, com a finalização da obra da Via Sul, a avenida que margeia o Rio Poti seguindo por baixo da Ponte Wall Ferraz. Na primeira etapa, chega até a Av Gil Martins e à Ponte Anselmo Dias.  Ao todo, a Via Sul terá uma extensão de quase 30 quilômetros, chegando até o Polo Industrial Sul.
Cleo Barata explica que houve demora na conclusão desta etapa principalmente por causa de impasses nas negociações com alguns moradores, mas tudo já foi solucionado. “Na verdade, a grande maioria dos moradores e motoristas que circulam pelo local já sentiu a transformação promovida na região e elogiam a mudança. E com a conclusão de mais essa etapa, o fluxo ficará ainda melhor, certamente”, ressalta.
Ele lembra que essa fase da obra faz parte de uma ampla transformação na área de mobilidade urbana que está sendo implantada na região e que vai mudar completamente a forma de se deslocar entre as zonas Leste, Sul e Sudeste.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Nissan comemora 20 anos de uma história de sucesso no Brasil

Da importação de carros à fabricante nacional de automóveis, marca consolida sua presença …