Sempre na vanguarda tecnológica e de inovação, o BMW Group traz ao mercado brasileiro, a partir deste mês, a sua divisão BMW i. Desde dezembro de 2013, a marca já comercializou mais de 6.000 modelos na Europa, nos EUA e no Japão, e agora traz ao País um novo conceito de mobilidade e design inspirador, voltados para um futuro atento à sustentabilidade e com atitude premium.
 
Os dois primeiros automóveis da marca são visões complementares do futuro da mobilidade urbana individual. De um lado, o BMW i3 chega como uma verdadeira revolução – suas dimensões compactas, linhas futuristas e conceito único foram projetados para a utilização em ambiente urbano. Já o BMW i8 é a composição perfeita entre o prazer de dirigir esportivamente com o máximo de economia e o mínimo de emissões de dióxido de carbono.
 
Os modelos BMW i estarão disponíveis, inicialmente, nos concessionários autorizados do grupo em algumas grandes cidades brasileiras, a saber: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Curitiba e Joinville.
 
“A chegada da BMW i é um marco na história do grupo no Brasil. A linha i oferece o que há de mais avançado em termos de tecnologia e experiência premium em ambientes urbanos aliado ao puro prazer de dirigir, DNA de um verdadeiro BMW. Estamos certos de que os brasileiros se apaixonarão pelos recém-chegados BMW i3 e BMW i8”, afirma Arturo Piñeiro, presidente e CEO do BMW Group Brasil.
 
BMW i3: revolução nas ruas
 
\"\"
 
Perfeito para o deslocamento urbano, o BMW i3 combina a propulsão elétrica por meio de sua bateria de íons de lítio de alta capacidade e o seu eficiente motor à combustão interna de dois cilindros, 650 cc e 34hp. Isso resulta em uma autonomia elétrica entre 130 km e 160 km por carga. Com a utilização dos modos de condução ECO PRO e ECO PRO+, a autonomia pode ser ampliada em até 40 km (20 km em cada um). Combinada ao motor à combustão interna, a autonomia é extendida, podendo chegar até 300 km, mais do que o suficiente para a locomoção diária entre casa, trabalho, universidade e locais de entretenimento nas grandes metrópoles, além de proporcionar o conforto típico de um BMW e o baixo nível de ruído que só a propulsão elétrica pode oferecer.
 
Conhecida como LifeDrive, a estrutura do veículo é constituída por duas unidades funcionais separadas: módulo superior Life, uma célula de passageiros de alta resistência e extremamente leve, feita de plástico reforçado com fibras de carbono (CFRP); e módulo inferior Drive, feito de alumínio, que abriga o conjunto do trem de força e os componentes estruturais. Como é tradição em veículos da BMW, o BMW i3 tem tração traseira, mas os seus compactos motores elétrico (50 kg) e de combustão interna, diferentemente da maioria dos modelos da marca, ficam posicionados sobre o eixo traseiro, acompanhados do conjunto de transmissão. A bateria de íons de lítio desenvolvida especialmente para a BMW i é posicionada abaixo do assoalho, entre os eixos do automóvel. Desta forma, com o LifeDrive, foi possível produzir um automóvel leve (1.315 kg), com baixíssimo centro de gravidade e distribuição de peso perfeita – 50:50 –, conferindo diversão e dirigibilidade ao modelo.
 
BMW i8: máximo desempenho e economia
 
\"\"
 
Desmistificando a lenda de que alto desempenho só se alcança com grandes motores e com alto consumo de combustível, a BMW i uniu o melhor de dois mundos: tudo o que se espera dos carros esportivos com a eficiência dos carros compactos. O BMW i8, esportivo híbrido plug-in da marca, é o segundo modelo da BMW i a chegar ao Brasil. O BMW i8 traz um visual que transmite modernidade, com linhas agressivas e bem demarcadas, mas sem deixar de lado as características visuais da BMW, como a típica grade bipartida.
 
Acelerar o esportivo é uma interpretação totalmente nova do prazer característico de se dirigir um BMW. A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive produz, além do gerenciamento inteligente de energia, potência máxima de 266 kW (362 hp), garantindo desempenho digno dos melhores esportivos do mundo – 0 a 100 km/h em 4,4 segundos –, porém com consumo de combustível e emissão de dióxido de carbono comparáveis aos carros mais eficientes do mercado.
 
O motor elétrico do BMW i8 foi especialmente desenvolvido e produzido pelo BMW Group para este projeto. A unidade desenvolve potência de 96 kW (131 hp) e entrega seu torque máximo de 250Nm ao primeiro toque no acelerador. Além da resposta instantânea, típica de motores elétricos, a potência continua a ser produzida até o limite de giros, graças ao seu design especial, projetado para permitir que o motor elétrico continue a fornecer todo o torque em altas rotações.
 
Carregamento conveniente e rápido
 
Os modelos poderão ser carregados por meio do acessório BMW i Wallbox, que será capaz de carregar a bateria de forma mais rápida (cerca de três horas). Esse tipo de estação será comercializado pelas concessionárias BMW i no mercado nacional e sua instalação poderá ser feita por empresas homologadas pela BMW do Brasil. Além disso, é possível carregar os carros BMW i por meio de tomadas convencionais aterradas de 220v e 110v (cerca de oito horas e 16 horas, respectivamente), uma vez que todos os carros possuem os cabos para tal modo de recarga como equipamento de série. Além disso, o cliente poderá carregar seu BMW i em estações instaladas nos concessionários BMW i.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Sempre na vanguarda tecnológica e de inovação, o BMW Group traz ao mercado brasileiro, a partir deste mês, a sua divisão BMW i. Desde dezembro de 2013, a marca já comercializou mais de 6.000 modelos na Europa, nos EUA e no Japão, e agora traz ao País um novo conceito de mobilidade e design inspirador, voltados para um futuro atento à sustentabilidade e com atitude premium.
 
Os dois primeiros automóveis da marca são visões complementares do futuro da mobilidade urbana individual. De um lado, o BMW i3 chega como uma verdadeira revolução – suas dimensões compactas, linhas futuristas e conceito único foram projetados para a utilização em ambiente urbano. Já o BMW i8 é a composição perfeita entre o prazer de dirigir esportivamente com o máximo de economia e o mínimo de emissões de dióxido de carbono.
 
Os modelos BMW i estarão disponíveis, inicialmente, nos concessionários autorizados do grupo em algumas grandes cidades brasileiras, a saber: São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Salvador, Recife, Belo Horizonte, Curitiba e Joinville.
 
“A chegada da BMW i é um marco na história do grupo no Brasil. A linha i oferece o que há de mais avançado em termos de tecnologia e experiência premium em ambientes urbanos aliado ao puro prazer de dirigir, DNA de um verdadeiro BMW. Estamos certos de que os brasileiros se apaixonarão pelos recém-chegados BMW i3 e BMW i8”, afirma Arturo Piñeiro, presidente e CEO do BMW Group Brasil.
 
BMW i3: revolução nas ruas
 
\"\"
 
Perfeito para o deslocamento urbano, o BMW i3 combina a propulsão elétrica por meio de sua bateria de íons de lítio de alta capacidade e o seu eficiente motor à combustão interna de dois cilindros, 650 cc e 34hp. Isso resulta em uma autonomia elétrica entre 130 km e 160 km por carga. Com a utilização dos modos de condução ECO PRO e ECO PRO+, a autonomia pode ser ampliada em até 40 km (20 km em cada um). Combinada ao motor à combustão interna, a autonomia é extendida, podendo chegar até 300 km, mais do que o suficiente para a locomoção diária entre casa, trabalho, universidade e locais de entretenimento nas grandes metrópoles, além de proporcionar o conforto típico de um BMW e o baixo nível de ruído que só a propulsão elétrica pode oferecer.
 
Conhecida como LifeDrive, a estrutura do veículo é constituída por duas unidades funcionais separadas: módulo superior Life, uma célula de passageiros de alta resistência e extremamente leve, feita de plástico reforçado com fibras de carbono (CFRP); e módulo inferior Drive, feito de alumínio, que abriga o conjunto do trem de força e os componentes estruturais. Como é tradição em veículos da BMW, o BMW i3 tem tração traseira, mas os seus compactos motores elétrico (50 kg) e de combustão interna, diferentemente da maioria dos modelos da marca, ficam posicionados sobre o eixo traseiro, acompanhados do conjunto de transmissão. A bateria de íons de lítio desenvolvida especialmente para a BMW i é posicionada abaixo do assoalho, entre os eixos do automóvel. Desta forma, com o LifeDrive, foi possível produzir um automóvel leve (1.315 kg), com baixíssimo centro de gravidade e distribuição de peso perfeita – 50:50 –, conferindo diversão e dirigibilidade ao modelo.
 
BMW i8: máximo desempenho e economia
 
\"\"
 
Desmistificando a lenda de que alto desempenho só se alcança com grandes motores e com alto consumo de combustível, a BMW i uniu o melhor de dois mundos: tudo o que se espera dos carros esportivos com a eficiência dos carros compactos. O BMW i8, esportivo híbrido plug-in da marca, é o segundo modelo da BMW i a chegar ao Brasil. O BMW i8 traz um visual que transmite modernidade, com linhas agressivas e bem demarcadas, mas sem deixar de lado as características visuais da BMW, como a típica grade bipartida.
 
Acelerar o esportivo é uma interpretação totalmente nova do prazer característico de se dirigir um BMW. A combinação das tecnologias BMW TwinPower Turbo e BMW eDrive produz, além do gerenciamento inteligente de energia, potência máxima de 266 kW (362 hp), garantindo desempenho digno dos melhores esportivos do mundo – 0 a 100 km/h em 4,4 segundos –, porém com consumo de combustível e emissão de dióxido de carbono comparáveis aos carros mais eficientes do mercado.
 
O motor elétrico do BMW i8 foi especialmente desenvolvido e produzido pelo BMW Group para este projeto. A unidade desenvolve potência de 96 kW (131 hp) e entrega seu torque máximo de 250Nm ao primeiro toque no acelerador. Além da resposta instantânea, típica de motores elétricos, a potência continua a ser produzida até o limite de giros, graças ao seu design especial, projetado para permitir que o motor elétrico continue a fornecer todo o torque em altas rotações.
 
Carregamento conveniente e rápido
 
Os modelos poderão ser carregados por meio do acessório BMW i Wallbox, que será capaz de carregar a bateria de forma mais rápida (cerca de três horas). Esse tipo de estação será comercializado pelas concessionárias BMW i no mercado nacional e sua instalação poderá ser feita por empresas homologadas pela BMW do Brasil. Além disso, é possível carregar os carros BMW i por meio de tomadas convencionais aterradas de 220v e 110v (cerca de oito horas e 16 horas, respectivamente), uma vez que todos os carros possuem os cabos para tal modo de recarga como equipamento de série. Além disso, o cliente poderá carregar seu BMW i em estações instaladas nos concessionários BMW i.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Programa de estágio da Hyundai tem vagas para São Paulo e Piracicaba

Prazo para se candidatar às vagas vai até 30 de novembro A Hyundai Motor Brasil está com i…