\"\"A prefeitura de Curitiba, capital do Paraná, começou, nesta quinta-feira (13), um período de testes com ônibus movido exclusivamente a eletricidade. Os testes serão feitos ao longo de três meses na linha convencional Barreirinha.
 
Segundo a prefeitura, o ônibus tem um consumo de energia 75% menor do que um veículo similar movido a diesel e, segundo a empresa responsável, é silencioso, não poluente e confortável para o usuário.  
 
A capacidade é para 80 passageiros, 22 sentados e 58 em pé, além do espaço reservado para usuários de cadeira de rodas.
 
Os testes fazem parte de um conjunto de iniciativas para buscar tecnologias inovadoras e mais sustentáveis para a mobilidade urbana. Serão avaliadas as possibilidades de melhoria do transporte, especialmente no que diz respeito à questão ambiental.
 
A Prefeitura de Curitiba já desenvolve outras iniciativas na área de eletromobilidade, como é o caso do Projeto Eco-Elétrico. A partir desse projeto, a capital paranaense passou a contar com a maior frota pública de veículos movidos a eletricidade no país.
 
Além do Brasil, o modelo vem sendo testado, desde 2011, em diversas cidades do mundo, como Nova Iorque (EUA), Bogotá (COL), Londres (GB) Copenhagem (DIN) e Oranjestad (Aruba).
 
O veículo que começa a ser testado foi produzido pela empresa chinesa BYD.
 
Fonte: Agência CNT de Notícias
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
\"\"A prefeitura de Curitiba, capital do Paraná, começou, nesta quinta-feira (13), um período de testes com ônibus movido exclusivamente a eletricidade. Os testes serão feitos ao longo de três meses na linha convencional Barreirinha.
 
Segundo a prefeitura, o ônibus tem um consumo de energia 75% menor do que um veículo similar movido a diesel e, segundo a empresa responsável, é silencioso, não poluente e confortável para o usuário.  
 
A capacidade é para 80 passageiros, 22 sentados e 58 em pé, além do espaço reservado para usuários de cadeira de rodas.
 
Os testes fazem parte de um conjunto de iniciativas para buscar tecnologias inovadoras e mais sustentáveis para a mobilidade urbana. Serão avaliadas as possibilidades de melhoria do transporte, especialmente no que diz respeito à questão ambiental.
 
A Prefeitura de Curitiba já desenvolve outras iniciativas na área de eletromobilidade, como é o caso do Projeto Eco-Elétrico. A partir desse projeto, a capital paranaense passou a contar com a maior frota pública de veículos movidos a eletricidade no país.
 
Além do Brasil, o modelo vem sendo testado, desde 2011, em diversas cidades do mundo, como Nova Iorque (EUA), Bogotá (COL), Londres (GB) Copenhagem (DIN) e Oranjestad (Aruba).
 
O veículo que começa a ser testado foi produzido pela empresa chinesa BYD.
 
Fonte: Agência CNT de Notícias
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Toyota Etios vai deixar de ser vendido no Brasil

Planta de Sorocaba segue produzindo o modelo para mercados de exportação A Toyota do Brasi…