Pequenos cuidados com o veículo podem fazer grande diferença quando o assunto é  longevidade e desempenho de aparelhos de CD e DVD player. Sejam eles básicos ou completos, instalações em locais adequados e manutenção correta dos equipamentos são fatores determinantes para seu bom funcionamento e maior vida útil.
 
Pensando nisso, apresento algumas dicas de como conservar sons automotivos e centrais multimídias.
 
Umidade e poeira
 
Os inimigos mais comuns dos CDs e DVDs players são a umidade e a poeira, assim como artigos de má qualidade – como discos falsos –, que por apresentarem uma menor refletividade, forçam o diodo laser, responsável pela leitura das mídias. Caso o contato com esses elementos seja inevitável, é aconselhável utilizar produtos de limpeza de lente para amenizar o problema.
 
Calibragem dos pneus
 
Quando a calibragem dos pneus é feita com excesso de pressão, ela pode prejudicar o mecanismo de amortecimento do leitor dos aparelhos, uma vez que a peça passa a vibrar mais do que o normal, prejudicando a longevidade e desempenho do equipamento.
 
Parte elétrica do veículo em dia
 
Manter a parte elétrica do veículo em dia também é um bom modo para aumentar a durabilidade dos sons automotivos. Isso porque quando ela está prejudicada, a alimentação do sistema sofre alterações, o que pode acarretar em desligamento automático do aparelho, principalmente durante o processo de partida do carro.
 
Atenção especial às mídias removíveis
 
Mídias removíveis, como pen drives, pedem um cuidado especial. Nesse caso, é aconselhável fazer uso de um dispositivo que contenha apenas arquivos de áudio e vídeo, evitando assim, problemas de compatibilidade e acelerando a leitura dos arquivos, melhorando o tempo de resposta do sistema. Quanto maior o número de arquivos em um pen drive, maior será o tempo de leitura e identificação dos mesmos atrasando a execução das músicas.
 
Altas temperaturas
 
O motorista deve evitar deixar CDs e DVDs dentro do veículo. A alta temperatura interna, principalmente quando o carro está exposto ao sol, deteriora os discos.
 
Atenção Instalador!
 
Ao instalar o aparelho, recomenda-se observar e utilizar o ângulo máximo de inclinação, exatamente o sugerido pelo fabricante. Isso evita que a reprodução de músicas ou vídeos seja interrompida pelas vibrações, que ocorrem,  sobretudo, quando o automóvel passa por buracos ou vias de paralelepípedos.

Alto-falante
 
Ao escolher um alto-falante, o melhor a fazer é verificar se o modelo tem a mesma impedância – oposição à passagem de corrente elétrica – suportada pelo equipamento. Se for diferente do que está especificado no manual, a saída de áudio do sistema de som poderá ser danificada por conta do excesso de corrente.
Além das dicas citadas acima, o bom desempenho do som automotivo começa pela instalação. Por isso, é fundamental realizar o serviço em lojas especializadas que oferecem produtos e profissionais qualificados.
 
Por Fábio Nista,
Diretor de Inovação da PST Electronics
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Pequenos cuidados com o veículo podem fazer grande diferença quando o assunto é  longevidade e desempenho de aparelhos de CD e DVD player. Sejam eles básicos ou completos, instalações em locais adequados e manutenção correta dos equipamentos são fatores determinantes para seu bom funcionamento e maior vida útil.
 
Pensando nisso, apresento algumas dicas de como conservar sons automotivos e centrais multimídias.
 
Umidade e poeira
 
Os inimigos mais comuns dos CDs e DVDs players são a umidade e a poeira, assim como artigos de má qualidade – como discos falsos –, que por apresentarem uma menor refletividade, forçam o diodo laser, responsável pela leitura das mídias. Caso o contato com esses elementos seja inevitável, é aconselhável utilizar produtos de limpeza de lente para amenizar o problema.
 
Calibragem dos pneus
 
Quando a calibragem dos pneus é feita com excesso de pressão, ela pode prejudicar o mecanismo de amortecimento do leitor dos aparelhos, uma vez que a peça passa a vibrar mais do que o normal, prejudicando a longevidade e desempenho do equipamento.
 
Parte elétrica do veículo em dia
 
Manter a parte elétrica do veículo em dia também é um bom modo para aumentar a durabilidade dos sons automotivos. Isso porque quando ela está prejudicada, a alimentação do sistema sofre alterações, o que pode acarretar em desligamento automático do aparelho, principalmente durante o processo de partida do carro.
 
Atenção especial às mídias removíveis
 
Mídias removíveis, como pen drives, pedem um cuidado especial. Nesse caso, é aconselhável fazer uso de um dispositivo que contenha apenas arquivos de áudio e vídeo, evitando assim, problemas de compatibilidade e acelerando a leitura dos arquivos, melhorando o tempo de resposta do sistema. Quanto maior o número de arquivos em um pen drive, maior será o tempo de leitura e identificação dos mesmos atrasando a execução das músicas.
 
Altas temperaturas
 
O motorista deve evitar deixar CDs e DVDs dentro do veículo. A alta temperatura interna, principalmente quando o carro está exposto ao sol, deteriora os discos.
 
Atenção Instalador!
 
Ao instalar o aparelho, recomenda-se observar e utilizar o ângulo máximo de inclinação, exatamente o sugerido pelo fabricante. Isso evita que a reprodução de músicas ou vídeos seja interrompida pelas vibrações, que ocorrem,  sobretudo, quando o automóvel passa por buracos ou vias de paralelepípedos.

Alto-falante
 
Ao escolher um alto-falante, o melhor a fazer é verificar se o modelo tem a mesma impedância – oposição à passagem de corrente elétrica – suportada pelo equipamento. Se for diferente do que está especificado no manual, a saída de áudio do sistema de som poderá ser danificada por conta do excesso de corrente.
Além das dicas citadas acima, o bom desempenho do som automotivo começa pela instalação. Por isso, é fundamental realizar o serviço em lojas especializadas que oferecem produtos e profissionais qualificados.
 
Por Fábio Nista,
Diretor de Inovação da PST Electronics
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

FCA faz recall de peça no volante

Convocação é a primeira fase de campanha que envolve 663 unidades entre os veículos Chrysl…