Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
O final de ano, além de ser um período de férias, viagens e festas, também é o momento em que muitos renovam o seguro de automóvel para já iniciar o ano com o carro protegido e, assim, evitar qualquer surpresa indesejada.
No entanto, o consumidor atual, mais exigente que anos atrás, pesquisa com mais frequência os preços e os serviços que são oferecidos por cada companhia, tentando encontrar a melhor opção de custo x benefício para o seguro. Dentre muitas variáveis de perfil, a configuração da apólice é um dos principais fatores para as companhias avaliarem o risco e chegarem ao prêmio a ser cobrado.
Marcelo Moura, diretor de Automóvel e Massificados da HDI Seguros, sexta maior seguradora de automóveis do Brasil, dá algumas dicas sobre alguns itens que são importantes para o cálculo e podem ajudar o consumidor a economizar no momento da renovação do seguro.
 
Mudanças nas informações
É importante que qualquer alteração que afete o que está cadastrado na apólice seja informada à seguradora. A alteração do CEP, do veículo ou do condutor, por exemplo, pode baratear o novo contrato do cliente com a companhia.
 
Classe de bônus
A classe de bônus é algo muito importante dentro do mercado segurador. Ela é a responsável por indicar à seguradora responsável pelo contrato que não houve sinistro registrado para o cliente naquele período de vigência. Ou seja, a cada apólice que o cliente passa sem sinistro, a classe de bônus sobe, aumentando o desconto que o cliente terá no prêmio final.
 
Coberturas e assistências
Verifique se as coberturas contratadas na última apólice continuam necessárias. Por exemplo, se o cliente não faz viagens longas, não há necessidade em manter o guincho ilimitado contratado na última vigência. O mesmo vale para o carro reserva. A revisão desses pequenos detalhes da apólice pode gerar uma economia interessante para o consumidor, que vai ser cobrado exatamente por aquilo que é necessário para ele, ou seja, não pagará por algo que não terá uso.
 
Itens de segurança
O preço do seguro é determinado pelo potencial risco que a seguradora entende que existe sobre aquele veículo. Portanto, com a existência de itens de segurança, o carro ganha características de risco menor e, consequentemente, impacta o preço final da apólice. Alarmes, rastreadores e travas são as ferramentas mais comuns encontradas no mercado que podem ajudar a gerar economia no prêmio.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Última etapa da “Expedição Nissan: À procura do início do Brasil” começa no Pará

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.Comboio com 15 picapes Nissan Fro…