Beleza com personalidade, assim é o novo Fiat 500X que estreia no Salão Automóvel de Paris.  Com o 500 X, a Fiat explora uma dimensão totalmente nova da família 500, onde um estilo maduro, elegante e italiano "veste" – como alta costura – a essência de um carro confortável, de alto desempenho e sempre conectado com o mundo: esse é o lado X da beleza, essa é a alma do Fiat 500X.
 
Herdeiro do Fiat 500 de 1957 – a referência estilística dos faróis arredondados e o logotipo clássico no capô com detalhes cromados é evidente. E este novo crossover da Fiat amplia a família 500, que inclui ainda os modelos 500, 500C, 500L, 500L Trekking e o 500L Living: carros que são muito diferentes em termos de vocação e personalidade, mas que têm as mesmas raízes em comum: o icônico Fiat 500.
 
\"\"
 
Construído na fábrica de Melfi (Potenza) e vendido em mais de 100 países em todo o mundo, incluindo nos Estados Unidos, o novo Fiat 500X estará disponível em duas versões diferentes – 500X e 500X Cross – equipados com motores a diesel e a gasolina, três tipos de transmissão – manual, automática de 9 velocidades ou automática com embreagem dupla de 6 velocidades – e com tração dianteira, tração nas quatro rodas ou tração dianteira com configuração Traction Plus. 
 
O modelo é  um crossover, não só em sua própria natureza, mas também porque é interessante para muitos tipos de clientes. Neste sentido, o símbolo "X" nas versões do 500X e 500X Cross representa um cruzamento entre segmentos que variam muito entre si, ocupado por jovens e por consumidores mais maduros, pelos amantes da beleza e apreciadores da personalidade. Eles são dinâmicos, com uma vida social ativa e cultivam diferentes paixões e interesses. O que eles têm em comum, no entanto, é o desejo de desfrutar de uma experiência gratificante ao dirigir e de expressar sua própria personalidade através de um estilo único. Hoje, todos eles encontram uma resposta clara: o Fiat 500X.
 
Os novos Fiat 500X, de acordo com o tipo de cada mercado que eles serão vendidos, trazem várias combinações de motor, caixa de velocidades e transmissão para atender todas as necessidades de uso, sempre com respeito à natureza e máxima eficiência em termos de desempenho, consumo e emissões. Em detalhe, os seguintes motores a gasolina estão disponíveis: 110 cv 1.6 "E-Torq" (tração dianteira e câmbio manual de 5 velocidades), 140 cv 1.4 Turbo MultiAir II (tração dianteira e caixa manual de 6 velocidades), 140 cv 1.4 Turbo MultiAir II (transmissão automática de 9 velocidades e tração nas 4 rodas) e os poderosos 184 cv Tigershark 2.4 (transmissão automática de 9 velocidades e tração nas 4 rodas).
 
\"\"
 
Também estão disponíveis os seguintes motores a diesel: 95 cv 1.3 MultiJet II (manual de 5 velocidades e tração dianteira), 120 cv 1.6 MultiJet II (manual de 6 velocidades e tração dianteira) e 140 cv 2.0 MultiJet II (6 – velocidade manual e tração dianteira ou transmissão automática de 9 velocidades com tração nas 4 rodas).
 
O crossover é o primeiro carro da Fiat a oferecer uma transmissão automática de 9 velocidades. Essa transmissão, em combinação com o motor a gasolina de 170 cv 1.4 Turbo MultiAir II e ao motor turbodiesel140 Cv 2.0 MultiJet II, traz muitas vantagens, incluindo uma grande capacidade de retomada e  com acelerações vigorosas e sem trancos. Comandada eletronicamente, a transmissão automática de 9 velocidades traz ainda a função "shift-on-the-fly", com a possibilidade de mudar para o modo manual-sequencial.
 
O novo Fiat 500X está disponível em duas configurações, com tração nas rodas dianteiras ou tração nas quatro rodas. Uma característica particular da tração nas quatro rodas do novo Crossover da Fiat é a adoção de um sistema de desconexão do eixo traseiro, que permite uma redução no consumo de energia, garantindo assim uma maior eficiência em termos de consumo e desempenho. Ele é o único carro do segmento a oferecer essa característica, em conjunto com o Jeep Renegade; a desconexão do eixo traseiro promove a alternância suave entre as trações nas duas e quatro rodas para o gerenciamento de torque em tempo integral sem a necessidade de entrada do motorista.
 
\"\"

 

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
Beleza com personalidade, assim é o novo Fiat 500X que estreia no Salão Automóvel de Paris.  Com o 500 X, a Fiat explora uma dimensão totalmente nova da família 500, onde um estilo maduro, elegante e italiano "veste" – como alta costura – a essência de um carro confortável, de alto desempenho e sempre conectado com o mundo: esse é o lado X da beleza, essa é a alma do Fiat 500X.
 
Herdeiro do Fiat 500 de 1957 – a referência estilística dos faróis arredondados e o logotipo clássico no capô com detalhes cromados é evidente. E este novo crossover da Fiat amplia a família 500, que inclui ainda os modelos 500, 500C, 500L, 500L Trekking e o 500L Living: carros que são muito diferentes em termos de vocação e personalidade, mas que têm as mesmas raízes em comum: o icônico Fiat 500.
 
\"\"
 
Construído na fábrica de Melfi (Potenza) e vendido em mais de 100 países em todo o mundo, incluindo nos Estados Unidos, o novo Fiat 500X estará disponível em duas versões diferentes – 500X e 500X Cross – equipados com motores a diesel e a gasolina, três tipos de transmissão – manual, automática de 9 velocidades ou automática com embreagem dupla de 6 velocidades – e com tração dianteira, tração nas quatro rodas ou tração dianteira com configuração Traction Plus. 
 
O modelo é  um crossover, não só em sua própria natureza, mas também porque é interessante para muitos tipos de clientes. Neste sentido, o símbolo "X" nas versões do 500X e 500X Cross representa um cruzamento entre segmentos que variam muito entre si, ocupado por jovens e por consumidores mais maduros, pelos amantes da beleza e apreciadores da personalidade. Eles são dinâmicos, com uma vida social ativa e cultivam diferentes paixões e interesses. O que eles têm em comum, no entanto, é o desejo de desfrutar de uma experiência gratificante ao dirigir e de expressar sua própria personalidade através de um estilo único. Hoje, todos eles encontram uma resposta clara: o Fiat 500X.
 
Os novos Fiat 500X, de acordo com o tipo de cada mercado que eles serão vendidos, trazem várias combinações de motor, caixa de velocidades e transmissão para atender todas as necessidades de uso, sempre com respeito à natureza e máxima eficiência em termos de desempenho, consumo e emissões. Em detalhe, os seguintes motores a gasolina estão disponíveis: 110 cv 1.6 "E-Torq" (tração dianteira e câmbio manual de 5 velocidades), 140 cv 1.4 Turbo MultiAir II (tração dianteira e caixa manual de 6 velocidades), 140 cv 1.4 Turbo MultiAir II (transmissão automática de 9 velocidades e tração nas 4 rodas) e os poderosos 184 cv Tigershark 2.4 (transmissão automática de 9 velocidades e tração nas 4 rodas).
 
\"\"
 
Também estão disponíveis os seguintes motores a diesel: 95 cv 1.3 MultiJet II (manual de 5 velocidades e tração dianteira), 120 cv 1.6 MultiJet II (manual de 6 velocidades e tração dianteira) e 140 cv 2.0 MultiJet II (6 – velocidade manual e tração dianteira ou transmissão automática de 9 velocidades com tração nas 4 rodas).
 
O crossover é o primeiro carro da Fiat a oferecer uma transmissão automática de 9 velocidades. Essa transmissão, em combinação com o motor a gasolina de 170 cv 1.4 Turbo MultiAir II e ao motor turbodiesel140 Cv 2.0 MultiJet II, traz muitas vantagens, incluindo uma grande capacidade de retomada e  com acelerações vigorosas e sem trancos. Comandada eletronicamente, a transmissão automática de 9 velocidades traz ainda a função "shift-on-the-fly", com a possibilidade de mudar para o modo manual-sequencial.
 
O novo Fiat 500X está disponível em duas configurações, com tração nas rodas dianteiras ou tração nas quatro rodas. Uma característica particular da tração nas quatro rodas do novo Crossover da Fiat é a adoção de um sistema de desconexão do eixo traseiro, que permite uma redução no consumo de energia, garantindo assim uma maior eficiência em termos de consumo e desempenho. Ele é o único carro do segmento a oferecer essa característica, em conjunto com o Jeep Renegade; a desconexão do eixo traseiro promove a alternância suave entre as trações nas duas e quatro rodas para o gerenciamento de torque em tempo integral sem a necessidade de entrada do motorista.
 
\"\"

 

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fórmula E: Di Grassi: “Somente com inovação e tecnologia alcançaremos um futuro com zero carbono”

Lucas Di Grassi, piloto da ABB FIA Fórmula E, tem um grande compromisso com o futuro do pl…