\"\"

 
A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e dos caminhões MAN, comemora 18 anos de fundação de sua fábrica, localizada em Resende, no sul fluminense. Em 1996, quando foi inaugurada, a planta contava com 200 empregados e produzia um caminhão por dia. Hoje, a empresa, que lidera o mercado de caminhões no Brasil, é a maior empregadora privada da cidade, com mais de cinco mil funcionários, e já ultrapassou a marca de 680 mil veículos produzidos.
 
Ao longo de seus 18 anos na cidade, a empresa investiu largamente em suas instalações e produtos. Até 2017, o valor aplicado chegará a R$ 4 bilhões, contribuindo para o enriquecimento tecnológico da região e crescimento econômico. A fábrica revolucionou a economia de Resende, gerando emprego e renda. A MAN Latin America é responsável hoje por 65% da arrecadação de impostos do município, o que se reverte em melhorias diretas para a população em aspectos como saúde e educação.
 
“Na esteira de nosso desenvolvimento e consolidação em Resende, servimos de âncora para atrair diversas empresas, como montadoras e fornecedores. Atingimos a considerada maioridade, ao chegarmos aos 18 anos, em plena maturidade de nossa operação com um relacionamento muito próximo e benefício à população de Resende e região”, observa Roberto Cortes, presidente da empresa. As contribuições ao desenvolvimento da cidade renderam ainda a instituição de 1º de novembro como o Dia da MAN Latin America em Resende.
 
Para produzir as 106 variações de modelos, entre caminhões e ônibus vendidos aos mercados interno e externo, a fábrica também cresceu. Dos 90 mil metros quadrados originais de suas instalações, a fabricante ampliou sua área construída, chegando a quase 180 mil metros quadrados, contabilizando a fábrica, o Centro Logístico, o Parque de Fornecedores e o centro de modificações (BMB). Somente em 2013, foram 20 mil metros adicionais com a instalação de Meritor e Suspensys em seu complexo fabril.
 
Seu modelo de produção, conhecido como Consórcio Modular, é referência na fabricação de veículos comerciais em todo o mundo. Nele, oito parceiros fazem a montagem de conjuntos completos de peças. São eles a Maxion (que cuida da montagem do chassi), a Meritor (eixos e suspensão), a Remon (rodas e pneus), a Powertrain (motores), a AKC Aethra (armação da cabina), a Carese (pintura) e a Continental (acabamento da cabine). O controle de qualidade do produto é de total responsabilidade da MAN Latin America.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 \"\"

 
A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e dos caminhões MAN, comemora 18 anos de fundação de sua fábrica, localizada em Resende, no sul fluminense. Em 1996, quando foi inaugurada, a planta contava com 200 empregados e produzia um caminhão por dia. Hoje, a empresa, que lidera o mercado de caminhões no Brasil, é a maior empregadora privada da cidade, com mais de cinco mil funcionários, e já ultrapassou a marca de 680 mil veículos produzidos.
 
Ao longo de seus 18 anos na cidade, a empresa investiu largamente em suas instalações e produtos. Até 2017, o valor aplicado chegará a R$ 4 bilhões, contribuindo para o enriquecimento tecnológico da região e crescimento econômico. A fábrica revolucionou a economia de Resende, gerando emprego e renda. A MAN Latin America é responsável hoje por 65% da arrecadação de impostos do município, o que se reverte em melhorias diretas para a população em aspectos como saúde e educação.
 
“Na esteira de nosso desenvolvimento e consolidação em Resende, servimos de âncora para atrair diversas empresas, como montadoras e fornecedores. Atingimos a considerada maioridade, ao chegarmos aos 18 anos, em plena maturidade de nossa operação com um relacionamento muito próximo e benefício à população de Resende e região”, observa Roberto Cortes, presidente da empresa. As contribuições ao desenvolvimento da cidade renderam ainda a instituição de 1º de novembro como o Dia da MAN Latin America em Resende.
 
Para produzir as 106 variações de modelos, entre caminhões e ônibus vendidos aos mercados interno e externo, a fábrica também cresceu. Dos 90 mil metros quadrados originais de suas instalações, a fabricante ampliou sua área construída, chegando a quase 180 mil metros quadrados, contabilizando a fábrica, o Centro Logístico, o Parque de Fornecedores e o centro de modificações (BMB). Somente em 2013, foram 20 mil metros adicionais com a instalação de Meritor e Suspensys em seu complexo fabril.
 
Seu modelo de produção, conhecido como Consórcio Modular, é referência na fabricação de veículos comerciais em todo o mundo. Nele, oito parceiros fazem a montagem de conjuntos completos de peças. São eles a Maxion (que cuida da montagem do chassi), a Meritor (eixos e suspensão), a Remon (rodas e pneus), a Powertrain (motores), a AKC Aethra (armação da cabina), a Carese (pintura) e a Continental (acabamento da cabine). O controle de qualidade do produto é de total responsabilidade da MAN Latin America.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Dia Nacional do Trânsito: a importância da revisão de segurança

Especialista cita e explica itens que devem ser checados no carro Levando em consideração …