A Ford anunciou um novo avanço na relação com seus clientes que têm carros equipados com a central multimídia SYNC das gerações 1 e 2, presentes hoje na maioria dos modelos da marca: a atualização do software do sistema passa a ser feita pela internet do próprio usuário. Antes, esse recurso era possível somente nas dependências de um distribuidor da marca. Inicialmente habilitada para os chamados SYNC 1 e SYNC 2, lançados na linha Ford desde 2009, essa funcionalidade de atualização em breve estará disponível também para a geração SYNC 3, lançada recentemente em alguns modelos da marca.
Conhecido como um dos sistemas multimídia mais avançados e intuitivos da indústria, o SYNC foi desenvolvido pela Ford em parceria com a Microsoft. Todas as versões do equipamento operam com comando de voz, permitindo ao motorista acessar o celular e o sistema de som do veículo sem precisar desviar a atenção do volante. Alguns modelos incluem também navegação, controle da climatização e acesso a aplicativos de smartphones pelo sistema AppLink e o SYNC 3 vai além, sendo compatível com Apple CarPlay e Android Auto.
 
“Como acontece com os sistemas operacionais de computadores e smartphones, a atualização do SYNC serve para a correção de bugs e melhorias de sistema. Também propicia a inclusão de novos recursos que melhoram o seu funcionamento”, ressalta Ricardo Bastos, engenheiro de Veículos Conectados da Ford.
Como atualizar
A atualização do SYNC 1 e 2 é uma operação relativamente simples por intermédio do site da Ford em https://www.ford.com.br/servico-ao-cliente/sync/. Clicando no link “Atualização do Software do SYNC”, é solicitado  inserir o número do chassi do veículo no campo específico. O sistema verifica se há alguma atualização disponível para o modelo e, em caso positivo, o download da última versão é feito em quatro passos rápidos.
Primeiramente, o proprietário deve informar seu e-mail para receber uma mensagem contendo o link para download do software. Esse processo deve ser feito no computador. O próximo passo é transferir o arquivo do computador para um pen-drive e levá-lo ao veículo. A transferência para o SYNC é realizada com o carro ligado. No final do processo, entrando no site da Ford e enviando o relatório de instalação bem-sucedida, o usuário depois passa a receber as novas atualizações disponíveis.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Público poderá acompanhar as 24 Horas de Le Mans ao vivo do cockpit dos Ford GTs

Os quatro Ford Gts da equipe Ford Chio Ganassi em Le Mans: retorno ao circuito onde a marc…