O Hyundai Creta atingiu nesta semana a marca de 15.075 unidades comercializadas no Brasil. Esse resultado é alcançado apenas cinco meses após o início de suas vendas, que começaram em 14 de janeiro, e confirma a previsão da montadora para os volumes mensais do modelo, sempre na casa dos 3 mil carros.
Em maio, o utilitário da Hyundai registrou o emplacamento de 3.751 carros, de acordo com dados da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, assegurando, pelo segundo mês consecutivo, a vice-liderança no segmento de SUVs compactos, com 15,9% de participação de mercado.
 
“Em menos de cinco meses, o Hyundai Creta se tornou uma referência na categoria de SUVs compactos. Esse reconhecimento é comprovado pelas diversas vitórias em comparativos realizados por respeitadas publicações do setor e pelo sucesso nas vendas junto aos clientes finais, uma vez que nenhuma unidade foi vendida para locadoras”, afirma Angel Martinez, diretor-executivo de Vendas & Marketing da Hyundai Motor Brasil. “Os números refletem a preferência dos nossos clientes, que encontram no Hyundai Creta espaço interno e porta-malas entre os maiores da categoria, itens de conforto exclusivos, garantia de cinco anos e revisões com preço altamente competitivo”, completa o executivo.
Produzido na mesma fábrica do HB20, em Piracicaba (SP), o Creta representa, atualmente, 20% do volume total, correspondendo de 3 mil a 3,5 mil unidades mensais, dentro de uma capacidade instalada de 180 mil unidades por ano, operando desde setembro de 2013, em três turnos. O volume total de produção, antes 100% dedicado à linha HB20, agora é estrategicamente distribuído entre os dois modelos.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Executivas assumem novas funções de liderança em áreas estratégicas da Fiat Chrysler Automóveis na América Latina

Cristiani Campos assume Diretoria de Desenvolvimento de Novos Negócios; Cristiane Paixão a…