A Kia Motors Corporation assinou um acordo de investimento com o governo do México para construção de uma fábrica com tecnologia de ponta, em Monterrey, no nordeste do estado de Nuevo León. 
 
A cerimônia oficial de acordo de investimento de assinatura foi realizada no Museu Tecnológico da Comissão Federal de Eletricidade (Mutec),  na Cidade do México, e contou com a presença de uma delegação de executivos da Kia Motors, liderada por Hyoung- Keun (Hank) Lee, vice-presidente da Kia Motors Corporation, e uma série de dignitários do governo mexicano , como Enrique Peña Nieto, presidente do México,  e Rodrigo Medina de la Cruz, governador do Estado de Nuevo León. 
 
A construção da planta Kia Motors do México está prevista para começar no final de setembro deste ano e concluída no primeiro semestre de 2016. A nova fábrica contará com uma capacidade de produção anual de 300.000 veículos, aumentando assim a capacidade de produção global total da Kia para 3,37 milhões de veículos, incluindo 1.690.000 veículos em plantas domésticas sul-coreanas e 1.680 mil em fábricas no exterior. A Kia planeja produzir uma gama de modelos compactos, ainda a ser confirmada na nova fábrica. 
 
Com investimento de cerca de US$ 1 bilhão, a nova fábrica, altamente automatizada, será situada em um local de 500 hectares (53,8 milhões metros quadrados), que também servirá de parque industrial a inúmeras instalações das empresas fornecedoras. 
 
Como uma das fabricantes de automóveis que mais crescem no mundo nos últimos anos, a Kia Motors Corporation vem avaliando várias opções para entrar em novos mercados no exterior para assegurar seu crescimento futuro. Com suas fortes previsões de expansão para a demanda de veículos novos, o México foi escolhido como o local para a próxima fábrica no exterior, já que é um dos poucos restantes principais mercados do mundo em que Kia não tem uma presença de vendas. 
 
Para as montadoras coreanas, para entrar de forma competitiva no mercado do México, a criação de unidades de produção locais é fundamental, já que o país impõe altas tarifas sobre os carros importados da Coreia. Além disso, o México é bem conhecido por sua qualificada força de trabalho de baixo custo e numerosos acordos de livre comércio (como o NAFTA) com cerca de 40 países. 
 
A Kia espera que a planta do México desempenhe papel importante para aliviar o atual problema de abastecimento global, graças à sua localização geográfica estratégica. Além disso, a Kia planeja utilizar a planta como base para o reforço da presença de vendas da marca em toda a região Central e da América do Sul, libertando-se do fornecimento de plantas domésticas da Kia para resolver problemas de falta de abastecimento em outras regiões do mundo.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
A Kia Motors Corporation assinou um acordo de investimento com o governo do México para construção de uma fábrica com tecnologia de ponta, em Monterrey, no nordeste do estado de Nuevo León. 
 
A cerimônia oficial de acordo de investimento de assinatura foi realizada no Museu Tecnológico da Comissão Federal de Eletricidade (Mutec),  na Cidade do México, e contou com a presença de uma delegação de executivos da Kia Motors, liderada por Hyoung- Keun (Hank) Lee, vice-presidente da Kia Motors Corporation, e uma série de dignitários do governo mexicano , como Enrique Peña Nieto, presidente do México,  e Rodrigo Medina de la Cruz, governador do Estado de Nuevo León. 
 
A construção da planta Kia Motors do México está prevista para começar no final de setembro deste ano e concluída no primeiro semestre de 2016. A nova fábrica contará com uma capacidade de produção anual de 300.000 veículos, aumentando assim a capacidade de produção global total da Kia para 3,37 milhões de veículos, incluindo 1.690.000 veículos em plantas domésticas sul-coreanas e 1.680 mil em fábricas no exterior. A Kia planeja produzir uma gama de modelos compactos, ainda a ser confirmada na nova fábrica. 
 
Com investimento de cerca de US$ 1 bilhão, a nova fábrica, altamente automatizada, será situada em um local de 500 hectares (53,8 milhões metros quadrados), que também servirá de parque industrial a inúmeras instalações das empresas fornecedoras. 
 
Como uma das fabricantes de automóveis que mais crescem no mundo nos últimos anos, a Kia Motors Corporation vem avaliando várias opções para entrar em novos mercados no exterior para assegurar seu crescimento futuro. Com suas fortes previsões de expansão para a demanda de veículos novos, o México foi escolhido como o local para a próxima fábrica no exterior, já que é um dos poucos restantes principais mercados do mundo em que Kia não tem uma presença de vendas. 
 
Para as montadoras coreanas, para entrar de forma competitiva no mercado do México, a criação de unidades de produção locais é fundamental, já que o país impõe altas tarifas sobre os carros importados da Coreia. Além disso, o México é bem conhecido por sua qualificada força de trabalho de baixo custo e numerosos acordos de livre comércio (como o NAFTA) com cerca de 40 países. 
 
A Kia espera que a planta do México desempenhe papel importante para aliviar o atual problema de abastecimento global, graças à sua localização geográfica estratégica. Além disso, a Kia planeja utilizar a planta como base para o reforço da presença de vendas da marca em toda a região Central e da América do Sul, libertando-se do fornecimento de plantas domésticas da Kia para resolver problemas de falta de abastecimento em outras regiões do mundo.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Programa de estágio da Hyundai tem vagas para São Paulo e Piracicaba

Prazo para se candidatar às vagas vai até 30 de novembro A Hyundai Motor Brasil está com i…