A Kia Motors do Brasil anunciou sua decisão de trazer o Soul EV para o mercado brasileiro, um dia após a publicação da Resolução 96, da Camex – Câmara de Comércio Exterior, que zera a alíquota de importação de veículos puramente elétricos, como é o caso do modelo sul-coreano.
 
Na prática, a Camex reduz o imposto de importação destes veículos dos atuais 35% para alíquota zero, de 2%, de 4%, de 5% ou de 7%. A alíquota depende do tipo de veículo e da eficiência. Neste primeiro momento só são contemplados carros de passeio. Ônibus e comerciais leves podem ser incluídos em resoluções posteriores.
 
“Temos de parabenizar a Camex porque, agora, nós podemos trazer produtos com alto valor agregado. Do ponto de vista tecnológico e ambiental, o Soul EV traduz uma tendência mundial por automóveis mais limpos. Primeiro modelo da Kia Motors com tecnologia “ecofriendly”, veículo de emissão zero, o Soul EV – já homologado no País – tem chances reais de competitividade ainda maior caso os benefícios se estendam também com a redução da alíquota do IPI, hoje de 25% para 7%, percentual hoje dos automóveis de entrada de 1 litro, ou seja que poluem menos. Assim, podemos contribuir ainda mais com a frota circulante de veículos elétricos no Brasil”, analisa José Luiz Gandini, presidente da importadora.
 
 
Automóvel ambientalmente correto, devido ao uso inovador de materiais de base biológicos, o Soul EV ganhou classificação EPA – Enviromental Protection Agency, dos EUA, cujo alcance estimado é de 99 milhas por MPGe (miles per gallon gasoline equivalent), alcançando 179 km na estrada, 219 km na cidade, ou seja, uma média de 199 km de autonomia.
 
Para maximizar a eficiência e o alcance, o Soul EV usa sistema de frenagem regenerativa para capturar até 12% da energia cinética do carro, alimentando de volta para a bateria enquanto o veículo está em movimento. As duas entradas para o carregamento oferecem flexibilidade e aumentam o apelo “locomova-se” em qualquer lugar, tornando o Soul mais conveniente para carregar na garagem de casa ou na estrada. Os tempos de recarga variam de 24 horas, para uma bateria totalmente descarregada utilizando uma tomada de 120 V padrão, e menos de cinco horas, quando conectado a uma tomada de 240 v. Os 80% podem ser alcançados em menos de 33 minutos  com a saída 50 kw, quando a bateria está descarregada.  
 
Os itens de comodidade do Soul EV incluem uma tela de navegação de oito polegadas, um carregador de 6.6 kW on-board, câmera traseira Display3, Bluetooth®, vidros elétricos, banco do condutor elétrico, controle de cruzeiro e um sistema de climatização exclusivo, desenvolvido para aumentar o alcance da condução, minimizando o gasto de energia.
 
 
O ar condicionado é um dos maiores drenos de energia em qualquer veículo elétrico, mas o sistema de climatização do Soul EV é projetado para fornecer o máximo de conforto e ao mesmo tempo ajudando a estender a autonomia do carro. O Soul EV utiliza quatro tecnologias-chave para maximizar a eficiência do sistema: uma bomba de calor padrão, ventilação individual, ventilação programada e controle da entrada de ar.
 
O Soul EV apresenta também pela primeira vez a tecnologia Organic Light Emitting Diode (OLED) para o baixo consumo de energia e praticamente sem acúmulo de calor em seu painel de instrumentos e fornece informações sobre o fluxo de energia do veículo, o tempo de carga, o nível de condução ECO e economia energia, medindo a eficiência da bateria em funcionamento.  Além disso, o sistema OLED emite um alerta que permite ao condutor verificar rapidamente a quantidade de carga que a bateria ainda possui.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Equipe Mercedes-EQ de Fórmula E começa sua segunda temporada no próximo fim de semana

Neste final de semana a Equipe Mercedes-EQ inicia a sua segunda temporada na categoria Em …