A gama do compacto Nissan New March tem duas novidades, que estão chegando às concessionárias da marca japonesa em todo o país: o sistema de partida a frio do motor Flex Start Bosch®, que elimina o tanque auxiliar de gasolina – conhecido como “tanquinho” – e o novo motor 1.0 12V de três cilindros. Produzido no Complexo Industrial da Nissan, em Resende (RJ), o compacto tem preços que começam em R$ 35.990 e vão a R$ 47.490, de acordo com a versão e a motorização.
O Nissan New March 1.6 16V ganha a partida a frio e mantém todas as características que o tornaram uma referência no segmento: agilidade, modernidade, economia e tecnologia. A versão SL traz itens diferenciados como câmera de ré, ar-condicionado, sistema de navegação por GPS, Bluetooth com comandos no volante e conectividade com mídias sociais por meio do Nissan Connect®. Essa plataforma mundial da Nissan permite que aplicativos conhecidos como Facebook e Google Search sejam acessados na tela sensível ao toque no painel central do carro.
Produzido na fábrica de motores dentro do complexo de Resende, como o hatch, seguindo os padrões de qualidade da marca, o novo propulsor de 3 cilindros e 1,0 litro – conhecido como HR10 – é moderno, compacto e leve, por conta da redução da massa de componentes. O cabeçote, que é dotado de variador na admissão, e o bloco são de alumínio, materiais que colaboram para a redução do peso do veículo. Entre as tecnologias embutidas estão o uso de corrente no lugar de correia para sincronização do virabrequim com a árvore do comando de válvulas, solução que amplia o prazo de manutenção do equipamento para acima de cem mil km, o dobro do normal para as correias. As velas têm eletrodos de platina e são substituídas também a cada cem mil km. Com essas soluções, o proprietário tem a certeza de maior durabilidade do motor e menor custo de manutenção. Todas essas tecnologias estão presentes também no motor 1.6 16V.
 
Desenvolvendo 77 cavalos de potência e 10 kgfm de torque, o novo motor oferece bom equilíbrio entre o desempenho, pois tem a maior parte do seu torque disponível já em baixas e médias rotações, e a eficiência no consumo de combustível. Com ele, o Nissan New March registrou umas das melhores marcas de consumo de seu segmento nos testes do Inmetro, obtendo o melhor consumo em estrada do segmento, com 15,1 km/l quando abastecido com gasolina.
E a sua excelente relação peso-potência, de 12,5 kg/cv, colabora bastante para a boa performance do carro no dia-a-dia das cidades e na hora de viajar. A engenharia da Nissan trabalhou particularmente a dirigibilidade e o prazer ao dirigir, oferecendo mais força em rotações menores e alongando a quinta marcha para melhor desempenho em velocidades de cruzeiro.
Os dois motores – 1.0 12V e 1.6 16V – trazem o sistema CVVTCS (Continuosly Variable Valve Timing Control System, ou variação da abertura das válvulas através de variador de fase), que faz com que a entrada de ar e de combustível nos cilindros seja otimizada em qualquer rotação, oferecendo respostas mais precisas do acelerador e maior rendimento com economia de combustível. O resultado é uma melhor queima de combustível e, em consequência, redução das emissões de poluentes.
Tanto o Nissan New March 1.0 12V de três cilindros como o 1.6 16V mantêm os excelentes pacotes de itens de série. Enquanto o 1.0 de três cilindros traz, desde a versão de entrada, equipamentos como ar-condicionado, computador de bordo, direção elétrica progressiva, vidros elétricos, abertura interna da tampa do tanque de combustível, entre outros, o 1.6 SL foca na conectividade, tecnologia e requinte, com acabamento cromado no interior e exterior, painel em Piano Black, além dos já citados Nissan Connect® , câmera de ré, Bluetooth® com comandos no volante e GPS. E o custo de propriedade do modelo é baixo por conta do “Compromisso New March”, que oferece garantia de três anos e revisão programada com preços fixos reduzidos, que são os menores do segmento para os dois motores, e assistência vinte e quatro horas do “Nissan Way Assistance”.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ford Fund doa 9.000 máscaras para comunidades de São Paulo em projeto que gera renda para costureiras

Em parceira com a Aldeias Infantis SOS Brasil, a iniciativa faz parte do projeto Costura S…