O IPTC (Índice de Preços Ticket Car) de outubro ressalta as rodovias do Brasil onde o Diesel apresentou variações mais representativas de preços. De acordo a pesquisa, os custos por litro mais elevados foram registrados na BR 163, nos trechos que cortam Mato Grosso (R$ 2,79), Pará (R$ 2,75), Mato Grosso do Sul (R$ 2,71), Goiás (R$ 2,57) e Minas Gerais (R$ 2,55). 
 
A maior variação foi registrada na BR 262, que corta o Espírito Santo (R$ 2,52), Minas Gerais (R$ 2,63) e Mato Grosso do Sul (R$ 2,66), com alta de 1,67%. A Rodovia Presidente Dutra também apresentou acréscimo no valor do Diesel, que subiu 0,42% no trecho entre São Paulo (R$ 2,48) e Rio de Janeiro (R$ 2,50).
 
As rodovias Anhanguera, Bandeirantes e Raposo Tavares, em São Paulo, não apresentaram alteração no custo do Diesel em relação a setembro, e seguem com o menor preço do combustível dentre as principais rodovias analisadas (R$ 2,42, R$ 2,43 e R$ 2,47 respectivamente).
 
Na BR 101, uma das rodovias de maior extensão no País, a variação foi de 0,23% em comparação com o mês de setembro, com aumento nos estados da Bahia (R$ 2,47), Paraíba (R$ 2,48) e Rio Grande do Sul (R$ 2,54).
 
O Ticket Car consulta mais de 14 mil pontos credenciados à rede, em 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Toyota Etios vai deixar de ser vendido no Brasil

Planta de Sorocaba segue produzindo o modelo para mercados de exportação A Toyota do Brasi…