Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Até o momento, apenas 20% dos mototaxistas renovaram o documento necessário para atuar na capital.

Do total de 2.315 mototaxistas regulamentados no município de Teresina, somente 451 compareceram à sede da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (STRANS) para fazer a renovação de permissão para prestar o serviço no município. O prazo de renovação será encerrado em 30 de julho e os mototaxistas que não comparecerem para fazer a renovação até o final do prazo estarão sujeitos a punição.

De acordo com a Gerente de Licenciamento e Concessão da Strans, Cintia Machado, a renovação da permissão é necessária para exercer a profissão. “Somente 20% dos mototaxistas compareceram para fazer a renovação. Estamos convocando todos para que compareçam o mais rápido possível, pois somente com a regulamentação todos poderão trabalhar na legalidade. O nosso prazo termina no final de julho, é preciso vir logo para evitar o corre corre de última hora”, disse.

A gerente lembra que para renovar a permissão os mototaxistas devem apresentar os seguintes documentos: requerimento da renovação, permissão do ano anterior, documento do veículo, CNH do condutor, comprovante de endereço, alvará da PMT com a validade para 2017 e extrato de multas. “Neste ano, o mototaxista deve apresentar a carteira de habilitação que permite o transporte de passageiros de forma remunerada. Além desses documentos, quem estiver com a permissão do ano anterior atrasada, deverá apresentar também o requerimento de justificativa para o atraso. Alertamos ainda que os permissionários devem apresentar também a documentação do segundo operador do veículo”, informa.

A novidade na renovação da permissão deste ano é que os mototaxistas precisam apresentar, juntamente com os demais documentos, a Certidão Criminal da Justiça Federal e a Certidão Criminal da Justiça Estadual. “De acordo com o Artigo 6º do Regulamento do Sistema de Mototaxi, para garantir a segurança dos usuários do serviço, os permissionários devem apresentar essas certidões, assim estamos garantindo mais segurança para todos”, diz.

A gerente reforça que, de acordo com o Artigo 10º do mesmo regulamento, no ato da renovação o mototaxista deve apresentar uma declaração de inexistência ou existência de vínculo empregatício com carteira assinada e caráter efetivo nas esferas federal, estadual e municipal.

Durante a renovação da permissão, será realizada uma vistoria na moto. Serão analisadas as condições de funcionamento e segurança tanto do transporte como dos acessórios e ainda as condições da moto. “Iremos vistoriar as condições gerais das motos e ainda a validade dos capacetes, que é apenas de três anos. Os mototaxistas que não renovarem a permissão correm o risco de perder a autorização para trabalhar”, finalizou.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Ford lança óleo semissintético para o mercado de reparação independente

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.A Omnicraft, linha de peças autom…