Para funcionar 24 horas por dia, foram criadas 130 vagas na planta de Porto Feliz e mais 740 na operação de Sorocaba, além de outras 700 na cadeia de fornecedores.

A Toyota inicia, nessa segunda-feira, 5 de novembro, turno adicional nas plantas de Sorocaba e Porto Feliz, ambas no interior de São Paulo. Divulgada em maio deste ano, a decisão amplia a capacidade de produção de 108 mil unidades para 160 mil, anualmente. Com investimento de R$ 600 milhões, 870 postos de trabalho foram criados, nas áreas de produção e manutenção.

O plano de desenvolvimento sustentável da empresa foi o principal fator que motivou a operação por 24 horas ininterruptas nas duas instalações. Com o lançamento do compacto premium Yaris em junho deste ano, a Toyota pretende equilibrar a oferta de produtos aos consumidores brasileiros e latino-americanos. O modelo está posicionado entre o sedã médio Corolla, líder de vendas do segmento, e o Etios, compacto que conquistou seu espaço no mercado brasileiro desde sua introdução em 2012. Em 2018, o Etios já foi exportado para a Argentina, Paraguai, Uruguai e Peru, enquanto o Yaris já conquistou o mercado argentino.

Com seis anos, a fábrica de Sorocaba é responsável pela produção do Etios e do Yaris. Atualmente, emprega 2.841 funcionários, e reúne atributos das plantas mais modernas da Toyota em todo o mundo. De janeiro a setembro deste ano, foram produzidas 66.647 unidades do Etios nas versões hatchback e sedã, sendo que 28.286 foram exportadas para países da América Latina. O modelo Yaris, também fabricado em Sorocaba, chegou a um total de 22.728 unidades produzidas (entre hatch e sedã), sendo que 2.112 tiveram como destino a Argentina.

A fábrica de Porto Feliz é a primeira da marca a produzir motores em toda a América Latina e Caribe, além de possuir a mais avançada e inovadora tecnologia de processos de produção. Há pouco mais de dois anos, a unidade é responsável pela fabricação dos propulsores flex fuel e a gasolina, Dual VVTi, de 1.3L e 1.5L, que equipam o compacto Etios e o compacto premium, comercializados no Brasil e em diversos países latinos.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Ônibus VW moderniza frota argentina de transporte público

Como motorização MAN D08, esses dois Volksbus têm sistema EGR de tratamento de emissões, d…