Segundo dados apurados pela Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, entidade que representa mais de 7 mil concessionários de veículos no Brasil, a transferência de veículos seminovos e usados, em todos os segmentos automotivos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas e implementos rodoviários), retraíram 8,54% no comparativo entre setembro e outubro deste ano. No total, foram transferidas 1.037.518 unidades em outubro, contra 1.134.393 em setembro. No acumulado deste ano, as transferências já somam 10.825.885 unidades, com queda de 1,96% em comparação com o mesmo período de 2015.
Para os segmentos de automóveis e comerciais leves, somados, o total transferido registrou queda de 8,21% ante o mês de setembro e retração de 0,93% em relação a outubro de 2015. No total, foram negociadas 781.530 unidades no décimo mês do ano, contra 851.471 em setembro. No comparativo dos dez meses de 2015 e 2016, foi registrada queda de 1,95%, totalizando 8.265.448 no ano passado, contra 8.104.252 neste ano.
De acordo com o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o mercado de veículos usados acompanhou, basicamente, o cenário dos veículos novos no mês passado. “A diferença de um dia útil a menos (20 em outubro) e (21 em setembro) potencializou a queda nos números de transferências de veículos no mês”, explicou.
Os veículos seminovos, com até 3 anos de fabricação, apresentaram retração menor no período, totalizando 3,22% negativo. “O resultado demonstra que se não houvesse um dia útil a menos, o volume já seria superior ao mês anterior, ou seja, em dias úteis este mercado apresentou alta de 1,6% em relação a setembro.”, concluiu Assumpção Jr.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Fórmula E: Di Grassi: “Somente com inovação e tecnologia alcançaremos um futuro com zero carbono”

Lucas Di Grassi, piloto da ABB FIA Fórmula E, tem um grande compromisso com o futuro do pl…