Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Novidade é equipada com o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel) de 225 cv e 550 Nm (56,1 kgfm); Interior tem revestimento dos bancos em couro exclusivo, capas dos pedais esportivas e tapetes com a inscrição “Extreme”.

Picape média mais potente do Brasil, a Amarok V6 Highline passa a contar agora com a série Extreme, com design e equipamentos exclusivos. Posicionada acima da configuração Highline, a novidade é oferecida com o motor 3.0 V6 TDI (turbodiesel) de 225 cv, na carroceria de cabine dupla, com preço sugerido de R$ 194.930, para complementar a oferta da picape.

Disponível exclusivamente na configuração cabine dupla, a Amarok V6 Highline Série Extreme já está chegando às concessionárias Volkswagen com extensa lista de itens de série, que inclui recursos como faróis bixenônio com luzes de uso diurno de LEDs, sistema de auxílio ao estacionamento com câmera de ré, sistema de freios pós-colisão e os mais modernos recursos de infotainment do mercado.

O modelo Extreme se diferencia das demais versões por fora e por dentro. No exterior, a nova configuração conta com itens exclusivos, tais como rodas de liga leve 20” estilo “Talca” (com pneus 225/50 R20), estribos laterais planos de alumínio e santoantonio esportivo com logotipo “Extreme”.

A cabine da Amarok V6 Highline Série Extreme traz acabamento ainda mais sofisticado, com revestimento exclusivo dos bancos em couro Nappa, capas dos pedais esportivas e tapetes de carpetes com a inscrição “Extreme”.

Além da pintura metálica Azul Ravenna (exclusiva para a série), a Amarok V6 Extreme está disponível nas cores Branco Cristal (sólida), Preto Mystic (perolizada), Prata Sírius e Cinza Indium (metálicas). Produzida na fábrica da Volkswagen em General Pacheco, na Argentina, a Amarok tem três anos de garantia.

Extrema em potência e torque

De última geração, o motor tem 3 litros de cilindrada e combina tecnologia de injeção direta common-rail de combustível e turbocompressor de geometria variável. Esse motor possui acionamento dos comandos por correntes, que não requerem manutenção, e circuitos separados de arrefecimento para o cabeçote e o bloco, o que permite melhor gerenciamento da temperatura de funcionamento.

O motor 3.0 V6 faz da Amarok a picape mais potente e de maior torque em seu segmento no mercado brasileiro. São 225 cv disponíveis na ampla faixa de 3.000 rpm a 4.500 rpm. E o torque é de 550 Nm (56,1 kgfm), entregue já a partir de apenas 1.500 rpm e mantendo-se pleno até as 2.500 rpm.

Em relação ao já eficiente motor quatro-cilindros 2.0 biturbo que equipa as versões Trendline e Highline automáticas (todas de cabine dupla), o ganho é de 25% em potência (45 cv a mais) e de 31% no torque (130 Nm, ou 13,3 kgfm).

Todo esse torque entregue a tão baixo regime de giro dá à Amarok V6 desempenho excelente em qualquer tipo de terreno. Mais do que isso: a picape tem desempenho próximo ao de modelos esportivos da Volkswagen. Sua velocidade máxima é de 190 km/h. E a picape acelera de 0 a 100 km/h em apenas 8 segundos. Para esse desempenho de carro esporte colabora o câmbio automático de 8 marchas que equipa a Amarok V6.

Extrema segurança

A nova Série Extreme oferece segurança total. O modelo traz o que há de mais moderno no segmento de picapes médias. Além do sistema ABS off-road, que auxilia na frenagem sobre piso solto (como terra ou cascalho), a Amarok V6 Highline Série Extreme é equipada com freios a disco nas quatro rodas, recurso exclusivo no segmento.

Os discos dianteiros possuem 332 mm de diâmetro, o que colabora para melhor desempenho em situações de maiores cargas. Os discos traseiros, de 300 mm de diâmetro, possuem cobertura interna para evitar o acúmulo de sujeira, especialmente em situações de fora de estrada.

A Amarok V6 Highline Série Extreme traz de série o sistema de freios “Post- Collision Brake” (sistema de frenagem automática pós-colisão), exclusivo na categoria. A picape Volkswagen é equipada com vários recursos de auxílio ao motorista, como Controle Eletrônico de Estabilidade (ESC), HDC (Hill Descent Control ou Controle Automático de Descida) e HSA (Hill Start Assist ou Assistente para Partida em Subida). Também traz o BAS (Sistema de Assistência à Frenagem), ASR (Controle de Tração) e EDS (Bloqueio Eletrônico do Diferencial), todos itens de série.

Também é item de série o indicador de perda de pressão dos pneus. A lista de recursos de segurança da Amarok V6 Highline Série Extreme é incrementada pela oferta, de série, de quatro airbags (dianteiros e laterais de tórax e de cabeça para motorista e passageiro), além de sistema ISOFIX para fixação de cadeiras para criança no banco traseiro. Os faróis são bixenônio com luz de condução diurna (DRL) em LEDs. Também há faróis de neblina com luz de conversão estática, o que garante maior segurança, ampliando a área iluminada em curvas feitas a baixa velocidade.

Extremo conforto

O volante multifuncional da Amarok V6 Highline Série Extreme (com regulagem de altura e distância) ajuda na operação do sistema de infotainment e das funções do computador de bordo da picape – o mostrador, entre o velocímetro e o conta-giros, é colorido. Também traz as aletas (shift paddles) para mudanças de marcha.

O sistema Park Pilot, complementado pela câmera de ré, torna mais fácil a tarefa de estacionar a picape, que mede 5,25 metros de comprimento, com 3,10 metros de entre-eixos. Há sensores de estacionamento na dianteira e na traseira da picape. A Amarok V6 Highline Série Extreme conta, entre outros, com ar-condicionado digital Climatronic, com duas zonas de resfriamento/aquecimento. E a picape é equipada de série com sensores de chuva e crepuscular.

A Amarok V6 Highline Série Extreme vem equipada de série com o sistema de infotainment “Discover Media”, com tela colorida sensível ao toque (“touchscreen”) de 6,33 polegadas, leitor de CD, duas entradas para SD-Card, Aux in e porta USB. É possível parear via Bluetooth dois celulares simultaneamente e operar telefone e áudio (streaming).

Seus bancos são revestidos parcialmente de couro “Nappa”, com ajustes elétricos nos dianteiros, que possuem o certificado “ergoComfort” – emitido pelo instituto alemão “Aktion Gesunder Rücken – AGR” (Campanha para Costas Saudáveis) na categoria “bancos de veículos comerciais leves”. A AGR é uma associação mantida por médicos e terapeutas que promove ações e pesquisas para prevenção de dores nas costas.

Os bancos contam com 14 vias de ajustes, sendo 12 elétricas – ajuste de distância longitudinal (2), ângulo de inclinação do encosto (2), ajuste de altura (2), apoio lombar (4) e ângulo de inclinação do assento (2) – e 2 manuais (extensão do assento).

Três faixas de potência

A Série V6 Extreme chega para complementar a gama Amarok, que passa a ser oferecida em oito versões, com três faixas de potência, ampliando sua atuação no mercado nacional.
A versão S (disponível em cabine simples ou cabine dupla), conta com o motor 2.0 turbodiesel com 140 cv de potência e 34,7 kgfm (340 Nm) de torque, sempre associado ao câmbio manual de seis marchas.

As opções SE, Trendline e Highline são equipadas com o motor 2.0 diesel com dois turbocompressores com potência de 180 cv. O torque é de 40,8 kgfm (400 Nm) com câmbio manual (versão SE) e 42,8 kgfm (420 Nm) com transmissão automática de oito velocidades (item de série nas versões Trendline e Highline).

O motor 3.0 V6 – com potência de 225 cv e torque de 550 Nm (56,1 kgfm) – está disponível na versão Highline e Série Extreme.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias

Veja também

Ford lança óleo semissintético para o mercado de reparação independente

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.A Omnicraft, linha de peças autom…