Como toda a família Golf, o GTE foi projetado segundo a Estratégia Modular MQB.

A Volkswagen participou em São Paulo, no sábado, 15, das atividades do Dia da Mobilidade Elétrica. O evento, em sua terceira realização, teve como objetivo ampliar o conhecimento e a familiaridade com as tecnologias de mobilidade elétrica e híbrida e divulgar os produtos do gênero já disponíveis no mercado brasileiro.

A marca esteve presente com três exemplares do Golf GTE, hatch esportivo híbrido que reúne o desempenho consagrado dos modelos GT da Volkswagen ao baixo consumo de combustível e emissões reduzidas de poluentes. Movimentado por dois motores, um 1,4 litro TSI com 150 cv a combustão interna e um elétrico de 75 kW (102 cv), o Golf GTE acelera de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos e atinge 222 km/h.

O Golf GTE é um híbrido tipo plug-in, que pode receber carga elétrica através de uma tomada convencional ou em estações de carga rápida. O hatch pode rodar no modo totalmente elétrico por até 50 km, em velocidades de até 130 km/h. Sua autonomia total, incluindo os motores elétrico e a gasolina, chega a 940 quilômetros – mais do que o trajeto ida e volta entre São Paulo e Rio de Janeiro.

Como toda a família Golf, o GTE foi projetado segundo a Estratégia Modular MQB. Essa revolucionária plataforma permite que a linha Golf utilize motores a gasolina, flexíveis, a gás natural e diesel e que todas essas versões possam ser fabricadas nas mesmas linhas de montagem. A Estratégia Modular MQB é utilizada em outras linhas da Volkswagen em todo o mundo, incluindo modelos como o Novo Polo, Virtus, Tiguan Allspace e Passat.

No coração de São Paulo

A programação do Dia da Mobilidade Elétrica foi aberta por uma palestra sobre maneiras de incentivar o uso de veículos elétricos e híbridos na cidade. Autoridades falaram sobre incentivos fiscais e a implantação de uma estrutura de recarga para veículos elétricos no País.

O ponto alto do Dia da Mobilidade Elétrica foi uma carreata com uma centena de veículos híbridos e elétricos. O percurso incluiu ruas e avenidas no coração da capital paulista, iniciando no bairro da Bela Vista e terminando na praça Charles Miller, em frente ao estádio do Pacaembu.

Além de veículos inscritos diretamente pelos fabricantes, a carreata teve participação do público. Participaram automóveis, ônibus, caminhões, motos, scooters e até bicicletas movidos a eletricidade ou híbridos.

O futuro é elétrico

O plano de negócios do Grupo Volkswagen, denominado Estratégia 2025, prevê o lançamento de mais de 30 novos veículos elétricos no mundo até 2025, com a adoção de novas tecnologias que permitirão grande autonomia de rodagem com propulsão totalmente elétrica.

Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz inaugura a primeira fábrica 4.0 de chassis de ônibus do Brasil

Com investimento de mais de R$ 100 milhões, nova linha de produção de chassis de ônibus é …