\"\"A Volkswagen do Brasil está desenvolvendo o Projeto Gol – Para seu Futuro, com o objetivo promover a oportunidade do primeiro emprego e qualificar a mão-de-obra entre os jovens de comunidades carentes, oferecendo treinamento técnico e estágio de seis meses na empresa. A ação social é uma parceria com o Estado da Bavária, a Câmara de Comércio Brasil Alemanha, a Instituição alemã BFZ e a Obra Kolping Brasil.
 
Para um estágio de seis meses na empresa, os jovens com idade entre 16 e 17 anos, provenientes de comunidades de alto risco social, são selecionados em testes de habilidades motoras e psicológicas para o trabalho na indústria, além de uma prova de conhecimentos gerais.
 
Na primeira fase, foram selecionados 10 jovens que iniciaram o estágio em junho na fábrica Anchieta (São Bernardo do Campo–SP). Inicialmente, os estagiários passam por uma preparação no SENAI–Volkswagen, onde recebem as primeiras instruções sobre mecânica e elétrica. Na sequência, são encaminhados às áreas onde vão observar e dar suporte a um especialista e, assim, aprender como funciona o negócio automotivo durante o programa.
 
“Nós estamos cientes de nossa responsabilidade social e estamos contentes em ajudar esses jovens a aumentar suas chances no mercado de trabalho”, declara o gerente de Treinamento Corporativo, Profiraum e Gestão de Aprendizagem da Volkswagen do Brasil, Frank Boehner.
 
A estudante Débora Bocci, uma das selecionadas, está entusiasmada com a oportunidade. “É uma grande chance de ingressar no mundo profissional”, afirmou. Ao longo dos seis meses de estágio, os jovens conhecem os Centros de Treinamento, visitam as áreas produtivas e são encaminhados para atividades técnicas e de suporte a áreas como Estamparia, Armação, Montagem e Logística, entre outras.
 
“A iniciativa é muito importante para empresa, pois promove a oportunidade do primeiro emprego para esses jovens. O projeto é um sucesso e estreia a 2ª fase em novembro, quando mais 10 jovens selecionados chegarão à fábrica”, destaca o gerente executivo da Academia e Gestão de Competências da Volkswagen do Brasil, Raimundo Ramos.
 
Volkswagen-SENAI, mais de 40 anos de parceria
 
\"\"
 
A Volkswagen completou 41 anos de parceria com o Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Inaugurada em 25 de maio de 1973 na fábrica Anchieta, a escola é a primeira do ramo de ensino dual da indústria no País e já capacitou mais de 6 mil profissionais, sendo um referencial no avanço da qualificação dos trabalhadores brasileiros.
 
Atualmente, o Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI forma em média 60 aprendizes por ano, numa estrutura que envolve 12 professores, 19 salas de aula e laboratórios equipados, onde os estudantes participam de aulas teóricas e aplicam também seus conhecimentos em atividades práticas.
 
A grade curricular dos cursos de Mecânico Industrial e Técnico em Mecatrônica contempla áreas como elétrica, manutenção mecânica, solda, usinagem e robótica, entre outras, visando atender a crescente demanda de profissionais qualificados da empresa e do mercado. Os cursos realizados no período do contrato de aprendizagem de dois anos são suplementares, possibilitando a diplomação em cada um deles.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

 

 
\"\"A Volkswagen do Brasil está desenvolvendo o Projeto Gol – Para seu Futuro, com o objetivo promover a oportunidade do primeiro emprego e qualificar a mão-de-obra entre os jovens de comunidades carentes, oferecendo treinamento técnico e estágio de seis meses na empresa. A ação social é uma parceria com o Estado da Bavária, a Câmara de Comércio Brasil Alemanha, a Instituição alemã BFZ e a Obra Kolping Brasil.
 
Para um estágio de seis meses na empresa, os jovens com idade entre 16 e 17 anos, provenientes de comunidades de alto risco social, são selecionados em testes de habilidades motoras e psicológicas para o trabalho na indústria, além de uma prova de conhecimentos gerais.
 
Na primeira fase, foram selecionados 10 jovens que iniciaram o estágio em junho na fábrica Anchieta (São Bernardo do Campo–SP). Inicialmente, os estagiários passam por uma preparação no SENAI–Volkswagen, onde recebem as primeiras instruções sobre mecânica e elétrica. Na sequência, são encaminhados às áreas onde vão observar e dar suporte a um especialista e, assim, aprender como funciona o negócio automotivo durante o programa.
 
“Nós estamos cientes de nossa responsabilidade social e estamos contentes em ajudar esses jovens a aumentar suas chances no mercado de trabalho”, declara o gerente de Treinamento Corporativo, Profiraum e Gestão de Aprendizagem da Volkswagen do Brasil, Frank Boehner.
 
A estudante Débora Bocci, uma das selecionadas, está entusiasmada com a oportunidade. “É uma grande chance de ingressar no mundo profissional”, afirmou. Ao longo dos seis meses de estágio, os jovens conhecem os Centros de Treinamento, visitam as áreas produtivas e são encaminhados para atividades técnicas e de suporte a áreas como Estamparia, Armação, Montagem e Logística, entre outras.
 
“A iniciativa é muito importante para empresa, pois promove a oportunidade do primeiro emprego para esses jovens. O projeto é um sucesso e estreia a 2ª fase em novembro, quando mais 10 jovens selecionados chegarão à fábrica”, destaca o gerente executivo da Academia e Gestão de Competências da Volkswagen do Brasil, Raimundo Ramos.
 
Volkswagen-SENAI, mais de 40 anos de parceria
 
\"\"
 
A Volkswagen completou 41 anos de parceria com o Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial). Inaugurada em 25 de maio de 1973 na fábrica Anchieta, a escola é a primeira do ramo de ensino dual da indústria no País e já capacitou mais de 6 mil profissionais, sendo um referencial no avanço da qualificação dos trabalhadores brasileiros.
 
Atualmente, o Centro de Formação Profissional Volkswagen SENAI forma em média 60 aprendizes por ano, numa estrutura que envolve 12 professores, 19 salas de aula e laboratórios equipados, onde os estudantes participam de aulas teóricas e aplicam também seus conhecimentos em atividades práticas.
 
A grade curricular dos cursos de Mecânico Industrial e Técnico em Mecatrônica contempla áreas como elétrica, manutenção mecânica, solda, usinagem e robótica, entre outras, visando atender a crescente demanda de profissionais qualificados da empresa e do mercado. Os cursos realizados no período do contrato de aprendizagem de dois anos são suplementares, possibilitando a diplomação em cada um deles.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

BYD relança o Furgão 100% elétrico eT3 no Brasil

Com nova tecnologia, veículo é altamente silencioso e carrega em no máximo duas horas A BY…