A Volkswagen cravou uma “dobradinha” no Rali de Monte Carlo, realizado entre os dias 21 e 24, abrindo o Campeonato Mundial de Rali (WRC). A dupla Sebastien Ogier/Julien Ingrassia (França) foi a vencedora, a terceira conquista consecutiva – a equipe Volkswagen também celebra a terceira vitória seguida em Monte Carlo. Os companheiros de equipe Andreas Mikkelsen/Anders Jæger (Noruega) terminaram em segundo.
Essa vitória marca o 35º triunfo em 40 ralis para o Polo R WRC, e o 33º na carreira de Ogier/Ingrassia, enquanto Mikkelsen conquistou seu 15º pódio na categoria – seu navegador Anders Jæger estreia no WRC com um excelente resultado.
 
Com a terceira vitória seguida, o francês Sebastien Ogier entra para a elite de pilotos do WRC que conquistaram esse feito – é o quinto piloto na história da competição a vencer o Rali de Monte Carlo por três vezes sucessivas. O Polo R WRC também entra para o exclusivo círculo de modelos vitoriosos por três vezes em Monte Carlo. Com o total de 35 vitórias em 40 ralis disputados (desde sua entrada no WRC, em 2013), o Polo R WRC é o carro de maior sucesso na história da categoria, com a impressionante marca de 87,5% de vitórias.
 
Monte Carlo típico: asfalto seco ou molhado alternando-se em um mesmo estágio, neve e gelo no estágio seguinte. Em outras situações, um pouco de todos esse pisos em trechos de alguns quilômetros. O Rali de Monte Carlo é único no calendário do Campeonato. O evento deste ano seguiu sua reputação de ser imprevisível. Com 16 especiais e 377,6 quilômetros no total, os pilotos tiveram de ser rigorosos e certeiros na escolha dos pneus. As três duplas da Volkswagen contaram com informações importantes providas pelos apelidados “espiões do gelo”, que prestaram assistência sobre as condições do piso nos estágios. Dessa forma, todos puderam escolher os pneus adequados para obter o melhor desempenho.
Para a dupla Jari-Matti Latvala/Mikka Anttila (Finlândia), o Rali de Monte Carlo terminou de forma desapontadora no sábado. A dupla se acidentou no 11º estágio, ao sair da pista e cair em uma valeta, e atingiu levemente um espectador, que não se feriu. Mas os danos no carro impediram a chegada da dupla ao posto de controle no tempo determinado, encerrando para eles o rali.
 
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Mercedes-Benz do Brasil é premiada por iniciativas de diversidade

Seguindo estratégia global da Daimler, Companhia valoriza as diferenças e fortalece a cult…