Home Notícias Porsche apresenta classe LMP1 para o Campeonato Mundial de Endurance (WEC)

Porsche apresenta classe LMP1 para o Campeonato Mundial de Endurance (WEC)

Comentários desativados em Porsche apresenta classe LMP1 para o Campeonato Mundial de Endurance (WEC)
A Porsche apresentou no circuito Paul Ricard a segunda geração do 919 Hybrid, seu carro de corrida da categoria LMP1 (Le Mans Prototype 1), com evoluções técnicas e com três pinturas diferentes, uma de cada cor. A Porsche também confirmou que vai passar a disputar na mais elevada entre as quatro categorias de energia da classe LMP1: o desempenho do sistema de recuperação de energia pôde ser aumentado em aproximadamente 30% em comparação à quantidade permitida em 2014. Isso significa que o 919 Hybrid tem competitividade para disputar na categoria de 8 megajoules. As normas revolucionárias do Campeonato Mundial de Endurance (WEC), que passaram a vigorar no ano de 2014, exigem o uso de sistemas de propulsão híbrida muito potentes e inovadores, e esse foi o principal motivo que fez a Porsche decidir retornar à divisão principal (LMP1).
A equipe Porsche utilizará suas plataformas tecnológicas, que passaram por um aperfeiçoamento ainda mais abrangente, em todas as oito corridas do Campeonato Mundial de Endurance. Os carros estarão pintados na cor branca e portarão o lema “Porsche Intelligent Performance” em sua carroceria. Isto também se aplica ao terceiro 919 Hybrid da equipe, que vai disputar a corrida de Spa-Francorchamps no dia 2 de maio. Entretanto, para a prova mais importante da temporada (as 24 horas de Le Mans, nos dias 13 e 14 de junho de 2015), a equipe vai mandar para o circuito um Porsche 919 Hybrid branco, um preto e um vermelho.
 
O número e a cor vermelha do protótipo são uma homenagem ao carro da Porsche que conquistou a primeira de um total de 16 vitórias gerais pela marca em Le Mans em 1970. Nenhuma outra marca conta com tantas vitórias nessa corrida, considerada a prova de endurance mais exigente do mundo. A cor do Porsche 917 KH (“cauda curta”) com o “Salzburg Design” que venceu a corrida há 45 anos no dia 14 de junho de 1970 também era vermelha. Os pilotos vencedores naquela ocasião eram o alemão Hans Herrmann, atualmente com 87 anos de idade, e o inglês Richard Attwood, agora com 74 anos de idade. Em 2015, na 83ª versão da clássica corrida em Le Mans, o protótipo vermelho com o número 17 será dirigido por Timo Bernhard, 34 (Alemanha), Brendon Hartley, 25 (Nova Zelândia) e Mark Webber, 38 (Austrália).
O LMP1 na cor preta com número 18 é um símbolo do parentesco técnico próximo entre o carro de corrida Porsche 919 Hybrid e o supercarro esportivo Porsche 918 Spyder, que também vem equipado com um sistema de propulsão híbrido. Também foi um 918 na cor preta que, no dia 4 de setembro de 2013, registrou um novo recorde para um carro esportivo de rua de produção ao completar a volta de mais de 20 quilômetros do Circuito Norte (Nordschleife) de Nürburgring em 6min57s. O piloto que registrou esse recorde foi Marc Lieb, 34, da Alemanha. Lieb também vai dirigir o 919 na cor preta em Le Mans neste ano, juntamente com Romain Dumas, 37 (França) e Neel Jani, 31 (Suíça).
O terceiro carro da equipe, o 919 Hybrid na cor branca com o número de carro 19, estará disputando em Le Mans na cor que a Porsche escolheu para seu retorno à categoria superior dos protótipos depois de uma ausência de 16 anos. A cor branca, tradicional para os carros de corrida da Alemanha, também será utilizada nos dois carros de fábrica Porsche 911 RSR que disputarão a corrida na classe GTE Pro. Em Le Mans, o terceiro 919 será dirigido por Earl Bamber, 24 (Nova Zelândia), o piloto de Fórmula 1 Nico Hülkenberg, 27 (Alemanha) e Nick Tandy, 30 (Reino Unido).
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

GM vai ampliar investimentos em carros elétricos e autônomos para US$ 35 bilhões até 2025

A GM vai adiantar a construção de duas novas fábricas de células de bateria Ultium nos EUA…