Home Notícias Prefeitura de Teresina regulamenta zona de restrição de circulação no centro

Prefeitura de Teresina regulamenta zona de restrição de circulação no centro

Comentários desativados em Prefeitura de Teresina regulamenta zona de restrição de circulação no centro

 

 
Com o objetivo de organizar a circulação de veículos na área central da cidade a Prefeitura de Teresina através da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) publicou decreto que regulamenta a área de restrição de circulação de veículos pesados, tipo caminhão, independentemente da localidade e do licenciamento.
 
A área de restrição compreende ao perímetro compreendido pelas Avenidas Miguel Rosa, Maranhão e Joaquim Ribeiro. Nesse local fica proibido das segundas a sextas-feiras, no horário das 7h às 19h, e aos sábados das 6h às 19h os veículos com as seguintes características: peso bruto acima de cinco toneladas, comprimento total acima de sete metros e tara acima de duas toneladas.
 
Os veículos tipo carretas e cavalos mecânicos somente poderão transitar pela zona de restrição de circulação mediante autorização da Superintendência, que irá definir os locais de restrição de estacionamento e estabelecerá os pontos a serem destinados para carga e descarga na área restrita.
 
De acordo com o Diretor de Transportes Públicos, Ricardo Freitas, a área de restrição de circulação de veículos pesados está sendo definida para melhorar a fluidez do trânsito nas ruas do centro da cidade. “A nossa cidade cresceu muito e a frota de veículos também, com isso a circulação na área central ficou comprometida, por isso estamos estabelecendo essas regras de circulação para evitar maiores problemas”, acrescentou.
 
Freitas ressalta ainda que somente será permitida a circulação de veículos pesados, quando em efetiva operação no local de prestação de serviço. “No horário de circulação restrita somente poderão transitar na área carros do Corpo de Bombeiros, Serviço de limpeza pública, socorro mecânico, abastecimento de água, luz, correios, transporte de segurança de valores. Vale lembrar que todos esses veículos devem estar devidamente identificados”, complementou.
 
O diretor enfatiza que a zona de restrição está toda sinalizada e que o desrespeito implicará em aplicação de penalidade de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro. “Faremos inicialmente um trabalho educativo com os condutores, mas em seguida faremos um trabalho de fiscalização com os nossos agentes de trânsito. Essa medida faz partes das ações que estão sendo implementadas para melhorar a circulação de veículos no centro da cidade”, finalizou.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

GM vai ampliar investimentos em carros elétricos e autônomos para US$ 35 bilhões até 2025

A GM vai adiantar a construção de duas novas fábricas de células de bateria Ultium nos EUA…