No final de 2016, a Volkswagen of America começará a produzir em Chattanooga, Tennessee, um dos mais importantes modelos da empresa nas últimas cinco décadas: um utilitário esportivo médio com sete lugares. A contagem regressiva para o lançamento do versátil veículo com comprimento perto de cinco metros já foi iniciada.
 
Como prévia desse novo sucesso automotivo, a Volkswagen apresenta agora o Cross Coupé GTE, com cinco lugares, no Salão Internacional de Detroit (que ocorre de hoje, 12, a 25 de janeiro de 2015): um SUV exclusivo dotado de sistema híbrido plug-in, tração integral através de um “eixo cardã elétrico”, 265 kW/360 hp de potência máxima do sistema e alcance elétrico de 29,6 km/l e 1.
 
\"\"
 
Para Klaus Bischoff, designer-chefe da Volkswagen, “o Cross Coupé GTE é o precursor de uma nova linguagem de design desenvolvida pela Volkswagen para os Estados Unidos. Esse carro conceito tem uma presença imponente. Ele é poderoso, com um visual que poderia ser descrito quase como agressivo”, continua. “Numerosos detalhes dão uma ideia de como concebemos um futuro modelo de utilitário esportivo para produzir na América do Norte. O conceito por trás dele combina a engenharia e o design alemães com o estilo automotivo do ‘American way of life’. Isso significa alta eficiência, linhas claras e fortes, operação lógica e qualidade suprema – tudo combinado com muito espaço, números de desempenho superiores e extremo conforto.”
 
A sigla "GTE" descreve o conceito especial do Cross Coupé e se aplica, de forma genérica, a todos os modelos da Volkswagen com propulsão híbrida plug-in. Eles são veículos esportivos superiores, com motores de alta tecnologia. Eles oferecem as características de viagem de um Gran Turismo (GT) e, graças a um ou mais motores elétricos e uma bateria (responsáveis pelo “E”, de “elétrico” na sigla) que pode ser carregada também externamente, podem rodar também com emissão zero. Na Europa, o primeiro GTE já está no mercado e o segundo, prestes a ser lançado. Eles podem rodar distâncias maiores em modo totalmente elétrico. O SUV apresentado em Detroit também se torna um veículo livre de emissões em percursos de até 32 quilômetros (devido a diferentes métodos de avaliação para a autonomia elétrica nos EUA e Europa, os números não podem ser comparados diretamente).
 
\"\"
 
Todos os modelos GTE podem ser conduzidos de vários modos diferentes. O Cross Coupé GTE traz os programas “E-Mode”, “GTE”, “Hybrid”, “Offroad” e “Battery Hold / Battery Charge”.
 
O Cross Coupé GTE é o terceiro carro conceito apresentado pela Volkswagen a caminho da versão de produção do futuro SUV médio. Juntos, todos os três modelos conceituais – o CrossBlue, apresentado em Detroit em 2013, o CrossBlue Coupé, exibido em Los Angeles em novembro de 2013, e o Cross Coupé GTE agora mostrado em Detroit – representam apenas uma parte do amplo espectro de versões de SUVs que podem ser criadas com base na arquitetura modular transversal (MQB) desenvolvida pela Volkswagen.  Eles foram desenvolvidos com o objetivo de oferecer no futuro próximo um SUV na América do Norte criado sob medida para o mercado dos Estados Unidos.
 
\"\"
 
Perfis de condução
 
Os seguintes modos de condução estão disponíveis no Cross Coupé GTE: “Onroad” (com os sub-modos “Comfort” e “Eco”), “Offroad” (com “Rocks”, “Sludge & Sand” [lama e areia] e “Gravel” [cascalho]), “Sport” e “Snow” (neve). Os perfis modificam a regulagem do SUV.
 
Modos de condução
 
O Cross Coupé GTE pode ser usado em cinco modos de condução diferentes, de uso intuitivo: “E-Mode”, “GTE”, “Hybrid”, “Offroad” e “Battery Hold / Battery Charge”.
 
“E-Mode” – Graças à bateria de íons de lítio no túnel central, o Cross Coupé GTE pode rodar uma distância de até 32 quilômetros movido apenas por eletricidade.  No modo “E”, que é ativado pela pressão de um botão, o veículo é movimentado apenas pelo motor traseiro de 85 kW/115 cv. No modo totalmente elétrico, o motor V6 FSI é desconectado por uma embreagem de desacoplamento e desligado. Assim que for necessário religar o motor de seis cilindros, devido à queda de carga da bateria ou outros parâmetros, ele se integra suavemente de volta ao trem de força, numa fração de segundo.
 
“Hybrid” – O carro conceito sempre começa a funcionar no modo híbrido. O Cross Coupé GTE, por isso, é um híbrido completo clássico, que carrega a bateria por frenagem regenerativa e usa automaticamente os motores FSI e/ou elétrico dependendo da situação. Neste modo, o nível de carga da bateria é mantido constante. O motorista pode também intervir ativamente através da função battery hold.
 
“GTE” – O motorista pode usar o botão GTE para ativar o lado particularmente ágil deste carro conceito. Neste modo, o acelerador e as características da transmissão e direção ficam ainda mais esportivas. Além disso, os motores FSI e elétricos passam a trabalhar juntos no modo GTE Mode em situações de “boosting” (reforço) para obter toda a força do sistema e o máximo de torque.
 
“Offroad” – Não é preciso dizer que o modo “Offroad” é especialmente importante para um utilitário esportivo. Assim que o motorista ativa este modo, todas as quatro rodas passam a movimentar o carro. Nesse caso, quando o nível de carga da bateria estiver baixo, o motor elétrico dianteiro é empregado exclusivamente como gerador, movimentado pelo motor V6 FSI para alimentar o outro motor elétrico, no eixo traseiro.  Como a força é conduzida para o eixo traseiro por fios e não mecanicamente, chamamos este procedimento de "eixo cardã elétrico". Graças ao motor FSI movimentar o motor elétrico traseiro através do motor elétrico dianteiro no modo off-road, a tração integral é disponibilizada mesmo quando a bateria estiver com pouca carga. Isto significa que o Cross Coupé SUV tem capacidade off-road com tração integral mesmo sendo um híbrido plug-in.
 
“Battery Charge / Battery Hold” – O duplo modo “Battery Hold” (carga da bateria é mantida constante) e “Battery Charge” (a bateria é carregada com o carro em uso) ativado através de um sub-menu no sistema de infotainment. Ele serve para trafegar deliberadamente em modo totalmente elétrico (“E-Mode”), por exemplo, quando o carro chega a uma área urbana, sem produzir emissões.
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Recall de espelhos retrovisores para Fiat Mobi e Grand Siena

Campanha envolve 3.217 unidades do Fiat Mobi e 843 do Fiat Grand Siena A Fiat Chrysler Aut…