Home Notícias Pneus vendidos no Brasil terão nova etiqueta a partir do ano que vem

Pneus vendidos no Brasil terão nova etiqueta a partir do ano que vem

Comentários desativados em Pneus vendidos no Brasil terão nova etiqueta a partir do ano que vem
Por enquanto é assim: para comprar um pneu novo, o proprietário do veículo não tem dados que o auxiliem a decidir se o produto é eficiente e se adequa às suas necessidades. Mas vai melhorar: em breve teremos uma maneira de consultar e nos assegurar de que o pneu adquirido realmente nos trará segurança. O Inmetro publicou em 2012 a Portaria n° 544, de 25 de outubro de 2012, que informa que os pneus terão de passar por uma retificação. E o prazo para seguir esta portaria já chegou aos fabricantes.
Para os pneus novos, que derivam de família, o certificado do Inmetro já está valendo. Em 2016, todos os pneus devem ser fabricados e importados somente em conformidade com os requisitos para a certificação. E em 2018, só poderá ser comercializado pneu com certificação e etiqueta Inmetro.
Essa certificação se aplica para pneus novos destinados a motocicletas, motonetas, ciclomotores, automóveis de passeio e veículos comerciais. Não será aplicada para veículos de coleção e modelos fora de estrada.
Serão realizados vários testes: ensaio dimensional, ensaio de velocidade sobre carga, de resistência a rolamentos, ruídos e aderência a pista molhada. Com estes testes, além da emissão de um certificado, aprovando a conformidade do produto, o pneu terá um selo de identificação do Inmetro, que terá de ficar visível e em local onde fique preservado durante a utilização.
Também terá uma etiqueta adesiva: “Etiqueta Nacional de Conservação de Energia – ENCE”, que é um tipo de selo que apresenta informações técnicas sobre o produto. Esta etiqueta terá as informações da “eficiência energética”, “aderência em pista molhada” e “nível de emissão de ruídos”.
Fonte: CESVI BRASIL
Artigos Relacionados
Leia mais em Notícias
Comentários estão fechados

Veja também

Continental amplia oferta de pneus autosselantes no mercado brasileiro

Solução atende quase todos os furos causados por objetos de até 5 milímetros de diâmetro e…