• Instagram
  • Facebook
  • Youtube
NOTÍCIAS
Postado no dia 5 dez. 2022

Preço do diesel volta a subir no fechamento de novembro, e alta no comparativo com 2021 chega a 25%

Preço do diesel volta a subir no fechamento de novembro, e alta no comparativo com 2021 chega a 25%

Depois de recuar em outubro, o valor do litro do combustível volta a registrar aumento de 0,8% na média nacional

Os motoristas voltaram a pagar mais caro para abastecer com o diesel em novembro, é o que revela o último levantamento do Índice de Preços Ticket Log (IPTL). A poucos dias do fechamento do mês, o preço médio do litro do diesel comum subiu 0,8% nos postos, comercializado a R$ 7,02. Se comparado a média de novembro do ano passado, que era de R$ 5,61, a alta chega a 25%. Com o diesel S-10 as variações de alta seguiram a mesma tendência, comercializado a R$ 7,11, ante os R$ 7,06 de outubro.

“Com exceção da Região Sudeste, os postos voltaram a registrar alta em quase todo o território nacional. Quando analisamos a primeira quinzena de novembro já identificamos esse comportamento de avanço nos preços, que se confirma no fechamento do mês, tendo no Sergipe a maior variação que foi de 3,38% para o tipo comum, e no Ceará de 2,64%para o S-10”, destaca Douglas Pina, Diretor-Geral de Mobilidade da Edenred Brasil.

Na análise por região, o Sudeste foi o único em que o tipo comum recuou 0,13% – ante o fechamento de outubro – comercializado a R$ 6,67, enquanto o S-10 se manteve estável, vendido a R$ 6,80. A Região Norte lidera com os valores mais caros para o combustível, com o tipo comum a R$ 7,44 (+0,94%) e o S-10 a R$ 7,543 (+1,09%).

A Região Nordeste é a líder no ranking das maiores altas, de 1,37% para o tipo comum, e de 1,10% para o S-10, no comparativo com outubro. Já a Região Sul, que apresentou aumentos abaixo de 1%, concentra os valores mais baratos, de R$ 6,49 (+0,46%) o comum, e de R$ 6,58 (+0,75%) o tipo S-10.

No recorte por Estado, Roraima lidera com o litro mais caro para o diesel comum e o S-10, vendidos a R$ 8,05 (+0,49%) e R$ 8,18 (+0,34%), respectivamente. Já o Rio Grande do Sul apresenta as menores médias, R$ 6,43 (-0,17%) o comum, e de R$ 6,55 (+0,21%), o tipo S-10. As variações de alta que se destacam foram em Sergipe, de 3,38% para o comum, e no Ceará de 2,64% para o S-10. Na Bahia estão as baixas que mais se destacam no valor médio do litro, sendo de -1,20% para o tipo comum e de -1,64% para o S-10.

O IPTL é um índice de preços de combustíveis levantado com base nos abastecimentos realizados nos 21 mil postos credenciados da Ticket Log, que tem grande confiabilidade, por causa da quantidade de veículos administrados pela marca: 1 milhão ao todo, com uma média de oito transações por segundo. A Ticket Log, marca de gestão de frotas e soluções de mobilidade da Edenred Brasil, conta com mais de 30 anos de experiência e se adapta às necessidades dos clientes, oferecendo soluções modernas e inovadoras, a fim de simplificar os processos diários.